Category Archives: Home

Facebook vai banir notícias falsas e violência; mas não a negação do Holocausto

O Facebook vai remover informações falsas publicadas na rede social que possam contribuir para atos de violência iminente, anunciou a empresa, que já testou a medida no Sri Lanka, recentemente abalado pelos conflitos inter-religiosos.

c2fcda60574d7a3e4c7bb8168fe5178d-783x450

“Estamos começando a implementar essa nova política em países onde vemos exemplos em que a desinformação levou à violência”, disse a gestora de produtos do Facebook, Tessa Lyons, citando o caso do Sri Lanka, em declarações aos jornalistas na sede da empresa no oeste da Califórnia.

A rede social pode remover, por exemplo, conteúdo impreciso ou enganoso, como fotos falsas, criadas ou compartilhadas para contribuir ou exacerbar a violência física.

O Facebook contará com a ajuda de organizações locais ou agências especializadas para determinar se essas publicações podem causar violência iminente e que, portanto, justifiquem a remoção.

Discursos de ódio e apelos diretos à violência já violam as regras do Facebook.

A nova política é examinar e remover outro tipo de conteúdo, menos explicitamente violento, mas que ainda assim sejam suscetíveis de potenciar conflitos. Tessa Lyons acrescentou que a mudança na política do Facebook seria colocada em prática gradualmente nos próximos meses.

Negadores do Holocausto não devem ser removidos

Também na quarta-feira, e em entrevista ao site Recode, o CEO do Facebook defendeu que apesar de achar que a negação do Holocausto é profundamente ofensiva, não acredita que tal conteúdo deva ser banido do Facebook.

“Eu sou judeu e há um grupo de pessoas que nega que o Holocausto tenha acontecido”, disse Mark Zuckerberg. “Acho profundamente ofensivo. Mas, no final de contas, eu acho que a nossa plataforma não deve apagar essas opiniões. Penso que há coisas em que diferentes pessoas vão errar. Não acho que estejam se enganando intencionalmente”.

Zuckerberg disse que o conteúdo ofensivo não tem que ser necessariamente proibido, a menos que seja para planejar danos ou atacar alguém.

As declarações provocaram críticas, inclusive da Liga Antidifamação, que afirmou em comunicado que o Facebook tem uma “obrigação moral e ética” de não permitir que as pessoas divulguem a negação do Holocausto na plataforma.

ANP descarta periodicidade mínima para reajuste de combustíveis

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) não adotará medida estabelecendo periodicidade mínima para os reajustes de preço dos combustíveis na etapa de produção ou nos demais elos da cadeia de abastecimento.

a4821856195c7cabb268b80dd6bcb31e-783x450

A informação foi dada nesta quinta-feira 19), no Rio de Janeiro, pela ANP, que pretende elaborar resolução a ser submetida à consulta e audiência pública, estabelecendo mecanismos de aumento da transparência na formação dos preços dos combustíveis no país.

A decisão baseou-se nos resultados da Tomada Pública de Contribuições (TCP) sobre a conveniência de estabelecer periodicidade mínima para repasse dos reajustes de preços de combustíveis, divulgados hoje (19).

A TPC foi realizada pela ANP de 11 de junho a 2 deste mês e recebeu 179 e-mails que resultaram em 146 manifestações de diferentes públicos, entre os quais consumidores finais (77), revendedores (16), transportadores (13), consultores (12), e distribuidores (10).

De acordo com a ANP, a resolução que será submetida à consulta e audiência pública estabelecerá ainda que as empresas não devem instituir periodicidade fixa para reajustes, nem divulgar os preços médios regionais ou nacionais, mas os efetivamente praticados em cada ponto de entrega”.

O texto recomendará ainda que produtores e demais elos da cadeia de abastecimento não divulguem antecipadamente a data de seus reajustes de preços.

Monopólio

A ANP defende mais competitividade na área de refino no Brasil e, nesse sentido, deverá informar o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre a necessidade de “avaliação da estrutura de refino no Brasil, buscando identificar proposição de medidas que estimulem a entrada de novos atores no segmento e ampliem a concorrência com efeitos benéficos aos preços de venda ao consumidor”.

A agência pretende também encaminhar aos ministérios da Fazenda e de Minas e Energia as sugestões referentes à adoção de mecanismos tributários que amorteçam os reajustes dos preços dos combustíveis, informou a assessoria de imprensa do órgão.

Secretari​a de Saúde de Cairu promove projeto CAPS Itinerante

A Secretaria Municipal de Saúde de Cairu, por meio do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), está implantando no arquipélago o Matriciamento em Saúde Mental com o projeto “CAPS Itinerante nas Ilhas”. O Matriciamento é uma metodologia do Ministério da Saúde e consiste em um processo de construção compartilhada de saberes a fim de elaborar uma proposta de intervenção terapêutica aos pacientes em sofrimento mental e/ou em uso de álcool e outras drogas.

IMG-20180720-WA0051

A ação é desenvolvida por uma equipe multiprofissional que envolve as Atenção Básica e os Agentes Comunitários de Saúde, além da equipe do CAPS, composta por médica, psicóloga, assistente social, farmacêutico e enfermeira. A proposta é possibilitar um cuidado colaborativo e de corresponsabilidade entre a saúde mental, a Atenção Básica e as demais áreas, para a integração e o diálogo entre diferentes especialidades e profissões. O projeto, também tem por objetivo realizar atendimento aos pacientes com toda equipe em cada localidade uma vez ao mês.
IMG-20180720-WA0055

O primeiro encontro aconteceu na Unidade de Saúde da Gamboa, já nesta sexta-feira (20/07) a ação prosseguiu na Unidade de Saúde de Boipeba e abordou, junto à comunidade local, temáticas como o acolhimento ao paciente e o combate ao preconceito da sociedade em relação as questões relacionadas à saúde mental. De acordo com a secretária de Saúde, Italuana Guimarães, um cronograma de atividades está sendo cumprido para atender todas as ilhas do município.

‘Não me entrego’, diz Ana Furtado sobre luta contra o câncer

A apresentadora descobriu um tumor na mama no início de maio; nesta quinta-feira (19) ela desabafou em post no Instagram: “Eu decido diariamente por viver”

Por Luiz Felipe Fernandez

ana-furtado-apresentadora-câncer-post-instagram-2018
Em tratamento de um câncer na mama, descoberto em maio, Ana Furtado fez um desabafo nesta quinta-feira (19) sobre a sua luta contra a doença: “Não desisto! Não me entrego”. Em post no Instagram, a apresentadora da TV Globo contou que mesmo diante do momento difícil, decide “diariamente por viver”.

“Viver ou Morrer? Eu decido diariamente por viver! Sem dúvida alguma. Embora o câncer coloque a realidade da morte diante de mim, eu não me abato”, escreveu Furtado em post no Instagram.

Desde que foi diagnosticada com câncer, Ana tem compartilhado o seu dia a dia nas redes sociais. No início de junho ela postou sobre a sua primeira sessão de quimioterapia: “Muitas etapas ainda virão. E seguiremos juntos, firmes e nos fortalecendo no amor, no afeto e na fé”.

Na foto publicada nesta quinta-feira (19), além do discurso motivacional na legenda, ao fundo da imagem aparece a representação de um Buda, símbolo da religião budista. A apresentadora rechaçou a atitude de “negação” e sentenciou: “Reaja e decida-se por viver!”.

Pai de Neymar fala sobre casamento: ‘Bruna é minha nora’

Sogro da atriz não confirmou, mas já projeta uma troca de alianças: “A gente torce”

Redação Bahia.Ba

O pai do craque da seleção brasileira Neymar já projeta um casamento com Bruna Marquezine. E mesmo sem a oficialização, Neymar dos Santos afirma que já a considera “nora”:

“A Bruna é a mulher do meu filho. Não tem uma forma diferente. É minha nora. Nossa família. Hoje faz parte da gente. A gente sofre junto”, disse o pai do jogador.

Em leilão beneficente do Instituto Neymar Jr nesta quinta-feira (19), o empresário falou, contudo, que os dois ainda são “muito jovens”, mas que “torce” para o casamento:

“Os dois são muito jovens, mas o caminho para isso acontecer a gente torce, claro, mas isso os dois vão resolver no seu momento e na hora certa”, ressaltou.
neymar-pai

Por dia, 37 crianças são vítimas de intoxicação ou envenenamento

825b0e96019facb6ba8ad79afe37b224-783x450

Análise feita pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostra que, em média, 37 crianças e adolescentes (até 19 anos) sofrem os efeitos da intoxicação pela exposição inadequada a medicamentos. Ao longo de 18 anos, foram mais de 245 mil casos de intoxicação, dos quais 240 crianças e adolescentes não sobreviveram.

Os estados que lideram os casos de intoxicação ou envenenamento são: São Paulo, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Minas Gerais e Rio de Janeiro vêm por último. Porém, nem todas as regiões do Brasil são avaliadas, pois só 11 estados têm centros de monitoramento disponibilizam dados.

O estudo se baseou em informações do Sistema Nacional de Informações Toxico-farmacológicas (Sinitox). A presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva, disse que diante dos números alarmantes, é necessário redobrar os cuidados.

“Mais da metade dos casos registrados [53%] referem-se a acidentes com crianças de um a quatro anos de idade. Elas são naturalmente muito curiosas e querem colocar tudo na boca, o que faz parte do desenvolvimento. Além disso, os medicamentos da linha pediátrica possuem embalagens coloridas e cheirosas, que estimulam os sentidos da criança”, destacou Luciana Silva.

Números

Segundo o levantamento, de todos os episódios de intoxicação ocorridos no período de quase duas décadas – de 1999 a 2016 -, mais de 130 mil acometeram crianças com idades entre um e quatro anos.

O segundo grupo mais atingido vai de 14 a 19 anos (42.614 casos), seguido daqueles que cobrem de cinco a nove anos (32.668 registros) e de 10 a 14 anos (24.282).

No país, com base nos centros de monitoramento, a incidência maior de casos desse tipo tem sido registrada, ao longo do período analisado, nos estados de São Paulo (88.582 ocorrências), Rio Grande do Sul (47.342) e Espírito Santo (16.806).

Em seguida, vêm os estados de Minas Gerais (13.315), e Rio de Janeiro (11.602). Por outro lado, a mortalidade atribuída à intoxicação foi maior na Bahia (36 óbitos); São Paulo (31); Minas Gerais (24); Rio de Janeiro (22); e Rio Grande do Sul (18).

Subestimados

Para especialistas, os dados apurados via Sinitox estão subestimados, pois a rede reúne apenas as informações de 33 Centros de Informação e Assistência Toxicológicos (CIAT) localizados atualmente em 11 estados e no Distrito Federal (DF).

A presidente da SBP, Luciana Silva, alerta que é grande o número de relatos de reações adversas que não são comunicadas às autoridades sanitárias. Segundo ela, há situações em que essas ações são consideradas brandas ou confundem-se com sinais e sintomas de outros problemas de saúde.

“Estamos falando de uma estatística que descobre apenas a ponta iceberg, de um problema de proporções muito maiores, que flerta diariamente com a tragédia”, disse Luciana Silva.

O Sinitox admite que o número de casos de intoxicação e envenenamentos registrados nas estatísticas, envolvendo crianças e adolescentes, tem caído nos últimos anos em decorrência da diminuição da participação dos CIATs no monitoramento.

De acordo com o Departamento Científico de Toxicologia da SBP, a intoxicação pode ocorrer quando as crianças e os adolescentes são submetidos à medicação sem uma prescrição médica ou com base em conselhos de amigos ou outros profissionais da saúde.

“Mesmo com a prescrição médica é preciso ter cuidado, pois as diferenças nas dosagens podem gerar complicações, em especial quando a medida é feita com base em uma colher de sopa, de sobremesa ou de café”, ressaltou a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva.

Morro de São Paulo e Boipeba começam a receber baleias jubarte vindas da Antártida

original_Baleia%20Jubarte

Temporada iniciada em julho segue até meados de novembro e exige cuidados especiais dos condutores de barcos e lanchas que velejam na costa baiana

Entre os meses de julho e novembro as baleias-jubarte passam a fazer parte do cenário do Arquipélago de Tinharé, no município de Cairu. Entre as ilhas de Morro de São Paulo e Boipeba, os animais passam a ser protagonistas das paisagens.

Os mamíferos marinhos, que vêm da Antártida para o litoral brasileiro a fim de se reproduzirem, também são atrações para os turistas. A partir do último sábado, 14, passeios turísticos começaram a sair das ilhas do Arquipélago de Tinharé para visitação das baleias, que, apesar do grande porte, são animais dóceis.

De acordo com o Instituto Baleia Jubarte, estima-se que a população da espécie que se reproduz em águas brasileiras esteja em torno de 17 mil animais. Todos os anos elas migram para a Bahia a procura de águas mais quentes para acasalamento e reprodução.

A presença das visitantes motiva a chegada de turistas, pesquisadores e biólogos. Em média, os filhotes medem quatro metros e pesam 1,5 tonelada. Já os adultos chegam a 16 metros de comprimento e 40 toneladas, o que equivale ao peso de oito elefantes juntos. Os turistas ainda podem ver acrobacias e saltos, nos quais as baleias chegam a expor até dois terços do corpo.

O passeio para observação de baleias sai de Morro de São Paulo e Boipeba, às terças, quintas e sábados, das 9h com retorno às 13h . Antes da saída para o mar, biólogos realizam uma palestra para orientar a população. Diversas agências oferecem o serviço.

A secretária municipal de Turismo de Cairu, Diana Farias, chama atenção para os cuidados que os donos de embarcações e turistas devem ter ao avistar um grupo de baleias. “É preciso seguir algumas regras de respeito aos animais. Não deixar o barco se aproximar a menos de 100 metros das baleias, desligar as hélices do barco durante o período de observação, não permanecer mais de 30 minutos próximo às baleias e respeitar o limite de velocidade”, orienta.

O Instituto Baleia Jubarte instalou placas de sinalização em Morro de São Paulo e Boipeba, com informações sobre a presença das baleias nas águas do Arquipélago de Tinharé. A sinalização busca sensibilizar os moradores e turistas para os cuidados com os mamíferos. A entidade foi contactada pela empresa credenciada Rota Tropical e a Secretaria de Turismo, para reuniões em Boipeba e Morro de São Paulo com as Associações de Lanchas de Passeio e comunidade em geral para esclarecimentos sobre a maneira de portar-se nesse período.

FONTE: LK COMUNICAÇÃO

Prefeitura de Cairu abre inscrição online para concurso

imagesOQ2M6EFW
O prazo de isenção da taxa de inscrição foi prorrogado até amanhã, 18. As inscrições vão até o dia 3 de agosto e, a partir de agora, podem acontecer online

A Prefeitura Municipal de Cairu prorrogou o prazo de isenção da taxa de inscrição do concurso público, que está com edital aberto até o dia 3 de agosto. Devido a grande procura, as pessoas que têm interesse em concorrer às vagas, e se encaixam no abono da taxa, têm até amanhã, 18, para realizar o cadastro. As inscrições poderão ser feitas, também a partir de amanhã, presencialmente e pelo site: www.concepcaoconsultoria.com.br

Estão disponíveis 254 vagas para nível fundamental, médio e superior, e 7 vagas para portadores de deficiência.Os salários variam entre R$ 954 e R$ 8 mil. O edital contempla vagas para diversas áreas do conhecimento.

As vagas para nível superior são para assistente social (1), auditor fiscal (2), biólogo (1), dentista (5), enfermeiro (2), engenheiro ambiental (1), engenheiro florestal (1), fisioterapeuta (1), médico (3), nutricionista (2) psicólogo (1). As vagas para professor de nível fundamental são para artes (4), ciências (2), matemática (4), português (1).

Para o nível médio as vagas são para, eletricista (1), técnico de enfermagem (5), agente comunitário de saúde (2), agente de apoio educacional (29), agentes de tributos (6), agente de vigilância sanitária (4), assistente administrativo (24), fiscal de obras (4), guarda ambiental municipal (8), e guarda municipal (24).

Os candidatos com nível fundamental podem concorrer para as vagas de auxiliar de serviços (62), gari (15), marinheiro (6), motorista classe B (8), motorista classe D (3), motorista classe E (2), porteiro (29), recepcionista (15), salva vidas (6).

Para inscrição presencial, o candidato deve comparecer entre 12 de julho e 3 de agosto no Complexo Administrativo Raul Miranda, na Praça Teixeira de Freitas nº 03, térreo, Centro – Cairu/BA, de segunda à sexta-feira, das 8hs às 12hs, e das 14hs às 17hs. A taxa de inscrição é de R$ 50, para nível fundamental, R$ 70, para nível médio e R$ 80, para nível superior.

O processo seletivo será constituído de quatro etapas, duas avaliações de conhecimento, ambas eliminatórias e classificatórias, uma prova de títulos e uma avaliação médica. O Edital tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. A prova será realizada no dia 2 de setembro. Edital completo e mais informações no site www.concepcaoconsultoria.com.br

FONTE: LK COMUNICAÇÃO

Estudantes de Boipeba terão aulas de violino e inicialização musical

IMG-20180716-WA0130
O amor à arte proporcionará aulas de violino e inicialização musical para os alunos do Colégio Modelo de Boipeba. O maestro Marcelo Schneider, morador de São Paulo, firmou parceria com a Prefeitura de Cairu, por intermédio das Secretarias da Cultura, Juventude e Educação, para doar violinos e também ministrar aulas aos estudantes de Boipeba passando os fundamentos e técnicas da arte para formação de futuros músicos.
IMG-20180716-WA0095
Dez dos instrumentos doados já encontram- se no Colégio Modelo de Boipeba. Outros dez violinos serão entregues em outubro, quando terão início às matrículas para a ação. Os pais deverão assinar um termo de compromisso para que os jovens participem das atividades durante o recesso escolar.

As aulas irão misturar música clássica com elementos das rodas de capoeira, como o atabaque, o timbau e o berimbau, produzindo, ao final do curso, uma apresentação especial para comunidade.
IMG-20180718-WA0003
Schneider é autor de livros sobre musicalização infantil, regente, violinista e arte-educador graduado pela Faculdade Santa Marcelina (SP), desenvolve atividade artística e docente há 25 anos, com o violino, regência, musicalização e matérias relacionadas.
IMG-20180716-WA0099

O “primeiro gigante” de todos os dinossauros é descoberto na Argentina

Paleontólogos argentinos fizeram uma surpreendente descoberta que revela que os dinossauros gigantes apareceram pelo menos 25 milhões de anos antes do que se pensava. Eles encontraram o “primeiro gigante”, o saurópode mais antigo de todos.

4fac0141f5ba828828ffbff6f8dd1cca-579x350

Os saurópodes, dinossauros herbívoros gigantes, com pescoço comprido, já andavam pela Terra há cerca de 205 milhões de anos, no chamado período Triássico. Essa é a surpreendente conclusão a que chegaram paleontólogos argentinos depois de terem descoberto o saurópode mais antigo de todos.

Batizado de Ingentia prima – que em Latim significa “primeiro gigante” –, esse dinossauro viveu onde é, atualmente, o noroeste da Argentina.

Com altura entre 7 e 10 metros e cerca de 10 toneladas de peso, esse dinossauro era três vezes maior do que os maiores dinossauros do Triássico, como referem os pesquisadores no artigo científico publicado na Nature Ecology & Evolution.

“Antes dessa descoberta, pensava-se que o gigantismo tinha se desenvolvido durante o período Jurássico, há aproximadamente 180 milhões de anos, mas o Ingentia prima viveu no fim do Triássico, entre 205 e 210 milhões de anos atrás“, refere Cecilia Apaldetti, cientista do Instituto e Museu de História de Ciências Naturais da Universidade de San Juan, na Argentina, em declarações divulgadas pelo Sci-news.com.

A análise aos fósseis de dois esqueletos parciais desses saurópodes, encontrados na Formação de Quebrada del Barro, na província argentina de San Juan, permitiu apurar que a nova espécie tinha “uma estratégia de crescimento desconhecida até agora“, como destaca Cecilia Apaldetti.
“Assim como as estações de crescimento podem ser observadas em uma árvore, os cortes ósseos no Ingentia prima mostram que tinha um crescimento cíclico e sazonal, mas o surpreendente é o tipo de tecido que estava depositado nos ossos, durante esses períodos de crescimento, sendo diferente dos outros saurópodes que conhecíamos até agora”, explica o paleontólogo Ignacio Cerda, da Universidade Nacional do Rio Negro, em declarações citadas pelo Sci-news.com.

Ignacio Cerda atesta que “o crescimento cíclico era comum entre os saurópodes do Triássico primitivo”, mas aponta que “nenhuma outra espécie excedia os três metros de comprimento e as três toneladas de massa corporal”.

A “diferença” é que o Ingentia prima tinha uma velocidade de crescimento mais rápida. E para essa circunstância contribuíam “as cavidades” dos ossos que “aliviavam o peso” da espécie e lhes permitiam “adquirir um tamanho corporal maior”, sustenta o cientista Oscar Alcober, do Instituto e Museu de História de Ciências Naturais da Universidade de San Juan.

“Essas cavidades pneumáticas indicam que a nova espécie tinha sacos de ar altamente desenvolvidos e um sistema respiratório muito eficiente, semelhante ao que acontece nos pássaros modernos, que também o ajudavam a manter seu corpo fresco, apesar do tamanho”, conclui Cecilia Apaldetti.