Category Archives: Meio Ambiente

TURISMO: Gamboa do Morro: destino mais acessível para um final de semana esticado

Argila

A vila de pescadores receba cerca de 30 mil turistas por ano. A ilha é uma ótima opção para quem procura por tranquilidade e belezas naturais por um preço mais em conta do que destinos consolidados como Morro de São Paulo e Boipeba.

A vila de pescadores localizada na Ilha de Tinharé, próxima a Morro de São Paulo, possui areias finas, águas mansas e belíssimas paisagens. Gamboa ainda mantém sua estrutura urbana relativamente preservada, estendendo-se linearmente pela costa da ilha em casas simples e um novo potencial de pousadas e restaurantes.

As águas claras, tranquilas e quentes, com ventos permanentes, fazem de Gamboa um excelente destino para o turista que busca as aventuras dos esportes náuticos. Suas praias são calmas como piscinas, convidativas para as crianças brincarem à vontade e com segurança.

Na maré baixa, a relaxante caminhada até o Morro de São Paulo também é um atrativo para os turistas que escolhem Gamboa como uma opção alternativa de hospedagem. É neste caminho que fica o famoso banho de argila, conhecido como tratamento natural de esfoliação e rejuvenescimento da pele.
Gamboa Alto
Há diversas opções de hospedagem em Gamboa. Pousadas aconchegantes e simples, hostel, área de camping e casas de temporada, estão entre os meios de hospedagem mais procurados pelos visitantes. Para o feriado a expectativa de ocupação é de 70% dos leitos.

Os restaurantes, que em sua maioria ficam localizados na orla, próximo a argila, são outro destaque, pelo preço justo e sabor invejável dos pratos. Os donos de bares e restaurantes, também esperam por lotação máxima no período.

O banho de argila é uma das atrações da Gamboa (Elton Andrade)

Quem vai a Gamboa do Morro, distrito de Cairu, não pode deixar de fazer o passeio da Praia de Gamboa, que dura cerca de 7h e custa R$ 50 (baixa temporada) e R$ 60 (alta temporada). O barco saveiro percorre a ilha, com parada para mergulho, banho de argila, visita ao banco de areia. No início da tarde tem a parada para o almoço, a dica é conhecer o famoso arroz de lambreta, acompanhado do suco de coco verde do Restaurante Nativas. O passeio termina com o pôr do sol na Praia Linda, um dos mais bonitos da ilha.

Existem duas formas para se chegar em Gamboa. Veja:

Opção para quem vai de ônibus:

Atravessar de Ferry Boat até Bom Despacho. A passagem por pessoa sai por R$ 5 (dia de semana) e R$ 6,70 (final de semana). Chegando no Terminal Rodoviário de Bom Despacho, pegar um ônibus até Valença. O valor da passagem é de aproximadamente R$ 30 por pessoa. Descer na rodoviária de Valença e seguir até o porto. Pegar um barco de linha que custa em média por R$12 por pessoa. A viagem dura em torno de 1h30. Se optar por lancha rápida, a travessia fica por R$ 25 + taxa de embarque custa R$1 e dura aproximadamente 30 min.

Opção para quem vai de carro:

O motorista pode escolher dois caminhos. Pegar a BR 324, seguir até a BR 101 e de lá pegar sentido Santo Antônio de Jesus. Antes de chegar na cidade, pegar a rotatória sentido Nazaré das Farinhas. Depois pegar a Estrada da Costa do Dendê, até a rotatória do Atracadouro. A viagem de carro por esta via dura aproximadamente 2h30.

A segunda opção é atravessar de Ferry Boat até a Ilha de Itaparica. A travessia em carro de passeio custa R$ 45 (dia de semana) e R$ 63 (final de semana). De lá seguir até Nazaré das Farinhas e depois pegar a Estrada Costa do Dendê, sentido Valença. Em ambos os casos o motorista pode deixar o carro no estacionamento do Atracadouro Bom Jardim, que é seguro e custa de R$ 10 a R$15 (por dia). De lá tem a opção de ir de barco convencional, que custa R$ 12 (viagem dura em torno de 20min) ou lancha rápida, que custa R$ 17 (12 min de viagem).

Se o turista quiser ir de catamarã ou através de transfer semi-terrestre, em frente ao Mercado Modelo, saem vários catamarãs. Os barcos seguem beirando a costa e dura em média 2h30. Esta viagem não é indicada para quem tem sensibilidade em relação ao balanço do mar. Pode ir através da BioTur, o valor da tarifa é de R$ 96,60 (Salvador x Morro) e R$ 95,20 (Morro x Salvador). Não tem catamarã até Gamboa, ele para em Morro de São Paulo e é só pegar um barquinho no valor de R$ 5 e segue até Gamboa.

Se quiser dar uma esticada em Morro de São Paulo, a opção é na maré baixa caminhar cerca de 30 minutos por uma pequena trilha sinalizada, o passeio é bem bonito e agradável. A outra é pegar um barquinho, desembolsar R$ 5 e chegar em poucos minutos no píer de Morro.

Lembrando que em Morro de São Paulo todo turista precisa pagar uma tarifa no valor de R$ 15, por todo o período que ficar no local. A Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) tem o objetivo de assegurar a manutenção, restauração, e preservação do patrimônio histórico, cultural, ambiental e estrutural do arquipélago, bem como as condições ambientais e ecológicas da APA Tinharé. O valor pode ser pago em espécie e cartão de débito.

untitled

LK COMUNICAÇÃO
Fotos by Elton Andrade

Obras do Centro de Treinamento de Canoagem em Ubaitaba entram na segunda fase

Na semana em que 17 atletas da Associação Cacaueira de Canoagem (ACC) conquistaram, em Curitiba (PR), 35 medalhas na Copa Brasil e na seletiva para as competições nacionais e internacionais, a construção do Centro de Treinamento de Canoagem de Ubaitaba entra na segunda fase. A obra está recebendo a laje de cobertura dos pilotis implantados no leito do Rio de Contas.
_MG_7769
Os operários também deram início à colocação da estrutura de madeira que será o diferencial no acabamento desse importante equipamento esportivo. De acordo o mestre de obras, Fábio Santos, responsável pela obra na cidade, a segunda fase é a mais difícil pelo desafio de montar a estrutura dentro d’água.

A construção do Centro de Treinamento de Canoagem teve início no final de 2017 e sua conclusão está prevista para o final do primeiro semestre de 2018. A unidade representa grande marco para o esporte na Bahia, principalmente para os canoístas de Ubaitaba que atualmente despontam como os melhores do país, a exemplo do medalhista olímpico da Rio 2016 Isaquias Queiroz.

O desempenho do atleta de Ubaitaba nas Olimpíadas serviu de inspiração para que o governador Rui Costa tomasse a iniciativa de investir na construção dos três Centros de Treinamentos de Canoagem no Sul da Bahia. Em Itacaré e Ubatã obras também estão em andamento, além de Ubaitaba. O investimento total é de cerca de R$ 3 milhões.
IMG_9685
A prefeita de Ubaitaba, Sueli Carneiro, acompanha o dia a dia da obra de construção e comemora os avanços: “fico feliz em ver esse sonho dos atletas e desportistas ubaitabenses sendo realizado. Esse Centro de Treinamento será divisor de águas e um marco para o nosso principal esporte, a canoagem, que tantas alegrias tem trazido para a nossa gente, os baianos e brasileiros”, finaliza.

Secretaria de Agricultura de Valença inicia entrega dos CEFIR a agricultores familiares

A prefeitura municipal de Valença, através da secretaria de Agricultura e Abastecimento utilizando-se de recursos próprios, disponibilizou sua equipe técnica para realizar as atividades necessárias na execução do CEFIR- Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais através de sua equipe técnica.
Na última segunda feira, dia 02/04/18, foram entregues os primeiros cadastros de agricultores familiares residentes na região do Tarimba, no Orobó. As demais localidades estão em processo cadastral.
Realizar o CEFIR é uma exigência do estado e uma responsabilidade do produtor rural, por ser alto declaratório, no entanto buscando oportunizar aos munícipes da zona rural um atendimento de qualidade e valorizando o produtor, a secretaria de Agricultura dispondo de sua equipe técnica iniciou no segundo semestre de 2017 o trabalho de medição, coleta dos dados e cadastramento.
Sabendo da vasta extensão territorial que o município possui a solicitação para medição da terra e efetivação do cadastro é feita através das associações comunitárias ou do próprio produtor. A propriedade que já possuir titulação e estiver medida o produtor solicita o cadastro e o mesmo é feito diretamente na secretaria de Agricultura, quem não possui essa titulação conta com o apoio técnico na secretaria para medição com a utilização de GPS, o prazo para finalização do cadastro consta até o dia 30 de Maio de 2018.
A prefeitura buscando melhorar a qualidade no atendimento à população rural, na última quarta-feira, 28/03, entregou a secretaria de agricultura três GPS, a entrega desses aparelhos proporciona a equipe técnica ferramentas que otimizam o atendimento à população rural e continua a atenção ao produtor rural.
Fonte: Ascom – Prefeitura Municipal de Valença.
Fotos: Thaylla Lago
WhatsApp Image 2018-04-04 at 12.57.52

Bahia foi o único vencedor da fonte eólica no Leilão de Energia Nova A-4

O contrato são para quatro projetos com 114,4 MW de capacidade no município de Campo Formoso
2017_08_31 - TorresEolicas_na_Bahia_João Ramos Ascom SDE
O Estado da Bahia foi o único vencedor da fonte eólica no Leilão de Energia Nova A-4 realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), nesta quarta-feira (04/04), que contratou quatro projetos com 114,4 MW de capacidade nova. Os empreendimentos são da francesa EDF e da Cada dos Ventos e estão localizados no município de Campo Formosa.

A maior vendedora foi a fonte solar, que viabilizou 29 usinas com 806,66 MW em nova capacidade. O Leilão, que resultou na contratação de 39 novos empreendimentos de geração, viabilizou a adição de pouco mais de 1 GW em capacidade instalada. Além das fontes eólica e solar, a fonte hídrica teve 4 novas usinas com 41,7 MW em capacidade instalada e biomassa adicionou duas novas usinas com 61,8 MW de capacidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, afirma que o sucesso da Bahia no cenário nacional neste leilão confirma o trabalho que vem sendo realizado em parceria com o setor eólico, visando consolidar o Estado como o mais competitivo para esta fonte.

“Políticas de atração de investimento, regularização fundiária e o relacionamento com órgãos que concedem autorizações para estes empreendimentos são a chave do sucesso da Bahia. Neste momento, estamos nos empenhado para construir estratégias semelhantes para o setor fotovoltaico, que acreditamos ser também uma excelente alternativa para o nosso Estado”, afirma Wagner.

O preço médio de venda ficou em R$ 124,75 por MWh. Esse valor corresponde a um deságio médio de 59,07% do preço teto estimado. Os preços para as fontes eólica e solar foram os mais baixos registrados no país desde a entrada das fontes nos leilões, com R$ 67,60 e R$ 118,07. Vale ressaltar que o preço referência foi R$ 255,00 / MWh para eólica e R$ 312,00 / MWh para solar.

No total, 17 distribuidoras compraram energia. Dessas, as maiores compradoras foram a Coelba (BA) com 8,8 milhões de MWh, a Enel Distribuição Goiás com 5,8 milhões de MWh e a Elektro (SP/MS) com 5,7 milhões de MWh.

NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE!!

Cursos cairu1

cursosCAiru

Baixo Sul recebe projeto com oficinas de saberes e fazeres quilombolas

IMAGEM_NOTICIA_5
Com o objetivo de multiplicar e registrar os saberes e fazeres da comunidade quilombola da Laranjeira, no município baiano de Igrapiúna, o projeto “Comunidade da Laranjeira: Memória Quilombola no Baixo Sul da Bahia” tem início nesta terça-feira (3). Durante a primeira etapa do projeto, cerca de 150 alunos da Escola Idalina, localizada na própria comunidade, participarão de quatro módulos da oficina de Cultura Quilombola: Oralidade e Tradições Culturais de Matriz Africana; Confecção de artesanato quilombola; Canto e Dança Tradicionais; e Cultura e Meio Ambiente em Comunidades Tradicionais. Durante as oficinas, os moradores de Laranjeira irão gerar conteúdos que servirão de apoio ao ensino de história e cultura afro-brasileiras por meio de uma cartilha e de um mini-documentário sobre cultura quilombola. Ambos estão em fase de elaboração e serão lançados em maio, durante uma feira que encerra o projeto.

Prefeitura de Cairu instala nova bomba d’água em Torrinhas

IMG-20180330-WA0032
Buscando solucionar o problema de falta de água na comunidade de Torrinhas, a Prefeitura de Cairu, através da Secretaria de Administração, realizou nesta quinta-feira (29/03) a substituição da bomba de abastecimento de água da localidade.

A bomba antiga estava com defeito e foi substituída por uma nova com mais potência assegurando o fornecimento.

De acordo com Valdinei Cruz, secretário interino de Administração, a nova bomba tornará o abastecimento de água mais rápido e eficiente. Recentemente, a administração municipal realizou a limpeza da fonte de Torrinhas, retirando galhos e outros detritos que dificultavam o abastecimento.

A Prefeitura de Cairu também têm mantido contato com a Embasa, autarquia do Governo do Estado, responsável pelo abastecimento de água na Sede, para que sejam tomadas providências para regularização do fornecimento.

IMG-20180330-WA0042

CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE (COMAM) DE CAIRU CONVOCA PARA ELEIÇÃO – EDITAL 01/2018

00-696x365

O Conselho Municipal do Meio Ambiente de Cairu (COMAM), instituído pela Lei Complementar Nº 458/2014 CONVOCA as entidades do Terceiro Setor de Cairu e representantes da Comunidade Científica a participarem do processo de eleição para nova composição do COMAM para o biênio 2018/2020.

1.DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Artigo 1º – O processo de eleição das entidades do Terceiro Setor de Cairu e representantes da Comunidade Científica será regido por este Edital e coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável.

Artigo 2º – O COMAM é um órgão deliberativo, consultivo e normativo composto 13 (treze) membros titulares e 13 suplentes, representantes do executivo, do legislativo, do terceiro setor e representante da comunidade científica, os quais exercem a função de Conselheiros Municipais do Meio Ambiente.

Artigo 3º – O exercício das atribuições dos membros titulares e suplentes do COMAM, cuja eleição trata o presente Edital, é considerado atividade de relevante interesse público, não ensejando qualquer remuneração.

Artigo 4º – O processo de eleição de que trata este Edital, compreenderá as fases e os prazos descritos no ANEXO III, com as inscrições no período de 02 a 30 de abril de 2018.

O edital completo pode ser conferido no site http://cairu.ba.io.org.br/

Prefeitura de Valença realiza intensa recuperação das estradas na Zona Rural

IMG-20180324-WA0047-300x300
IMG-20180324-WA0062-300x214
A prefeitura municipal de Valença, através da Secretaria de Transportes Estradas e Rodagens continuam realizando trabalhos de recuperação das estradas vicinais em nosso município, desde o inicio do ano de 2017, a Prefeitura de Valença tem intensificado as ações e investimento na recuperação de todos os maquinários pertencentes ao município, inclusive os encontrados em total estado de depredação e abandono.
As consequências de tudo isto resultaram nas péssimas condições em que as estradas da zona rural ficaram, em alguns pontos intransitáveis, obrigando o homem do campo em diversos momentos terem que, reunirem-se em mutirões para realizarem trabalhos de recuperações nos variantes de maneira braçal, chegando a situação lastimável inviabilizando até o acesso de crianças as escolas e ao atendimento médico.
Visando mudar esta triste realidade e zelar com responsabilidade pelo patrimônio público, o prefeito de Valença juntamente com o secretário de Transportes Rafaelton Magalhaes autorizaram imediatamente a realização dos serviços de recuperação em três caçambas e duas maquinas retro escavadeiras que foram encontradas pela atual gestão abandonadas e danificadas trazendo grandes prejuízos para a população valenciana.
Após a recuperação destes maquinários, a Prefeitura de Valença ampliou os trabalhos de recuperação das estradas na zona rural viabilizando a vida do homem do campo com estradas de qualidade, a exemplo da comunidade da Serra do Frio, onde segundo o senhor Gerson dos Santos (81 anos), morador daquela comunidade revelou que, a 27 anos a comunidade esperava por esse serviço de patrolamento, muitos passavam prometiam mas nunca cumpriam. Hoje a realidade é outra! Concluiu ele, agradecendo a Prefeitura de Valença por colocar um fim no sofrimento daquela comunidade.
Fonte: Ascom- Prefeitura Municipal de Valença

Fotos: Valdemir Lima/ Vereador Mateus Passos

Camamu: Prefeitura e Embasa promovem evento no Dia Mundial da Água

Numa ação conjunta entre a Prefeitura de Camamu e a EMBASA, foi realizado na manhã desta quinta-feira (22), atividades artísticas e culturais em comemoração ao Dia Mundial da Água.

O Colégio Marcelino Borges foi o local escolhido para a realização de peças teatrais, atividades culturais e muita brincadeira, que proporcionaram aos alunos um dia diferente e especial na escola.

Esta data foi criada pela ONU com o objetivo de alertar a população internacional sobre a importância da preservação da água para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta.

Para isso, todos os anos o Dia Mundial da Água aborda um tema específico sobre este mineral de extrema e absoluta importância para a existência da vida. O tema deste ano foi “A resposta está na natureza”.

dia-mundial-agua2

dia-mundial-agua-camamu