Category Archives: Cultura

Colégios Municipais de Garapuá e Zimbo promovem seminário sobre sustentabilidade com a participação de professores da UFBA

IMG-20180919-WA0058
IMG-20180919-WA0065
IMG-20180919-WA0069
Atentos para as estatísticas globais que apontam para a escassez de recursos hídricos e perda da biodiversidade, sejam causadas pelas mudanças climáticas ou pela interferência da ação humana, os professores da rede municipal de Cairu, Ari Nunes e Ítalo Rosário, lotados nos Colégios José Gomes e Modelo do Zimbo, respectivamente, promoveram o Seminário Interdisciplinar de Sustentabilidade – Garapuá, Zimbo/ Morro de São Paulo. A iniciativa contou com o apoio da Secretaria da Educação e com total colaboração das direções e coordenações dos colégios.

Durante os dias 17 e 18 de setembro, os estudantes de ambas unidades escolares assimilaram novos conhecimentos teóricos e práticos transmitidos em rodas de conversas sobre “Plantas Alimentícias Não Convencionais – PANCs” com a participação do Prof. Dr. José Geraldo de Aquino Assis
Docente da UFBA/UEFS, de Ian Requião de Castro Doutorando em Administração – UFBA, de Juliana Fonseca de Melo, Mestranda em Ciências Sociais e integrante da Rede PANCs – UFBA. “O Uso Consciente dos Recursos Hídricos, Restauração e Conservação da Biodiversidade” também foi tema de um café científico abordado pelo professor Ítalo Rosário que é Mestrando em Ecologia e Gestão Ambiental- UFBA.

A secretária da Educação, Luana Figueiredo, elogiou a iniciativa e destacou a importância da interação dos estudantes com profissionais tão gabaritados na abordagem de temas de grande pertinência para a comunidade cairuense.

Museu Geológico da Bahia participa da Primavera de Museus

Réplica do meteorito Bendegó é uma das 20 mil peças do acervo
museu_geologico_bahia_foto_Divulgação

museu_geologico_bahia_foto_marcelo_ferrao (3)

De 18 a 23 de setembro, o Museu Geológico da Bahia (MGB), que tem mais de 20 mil peças em seu acervo, vai participar da 12ª edição da Primavera de Museus, que este ano traz como tema “Celebrando a Educação em Museus”. Uma diversidade de atividades integrará a programação, desde a exibição de filmes seguidos de debates, mesas redondas e exposições de jogos, fotos e grafites. O evento é realizado pelo Ibram, autarquia vinculada ao Ministério da Cultura, e é um convite à reflexão sobre o lugar da educação nos museus brasileiros.

“O tema deste ano reforça o papel fundamental de um museu e contempla um dos viés do MGB, que é a educação através do programa Museu Escola Comunidade (PMEC), que busca promover a integração da programação educativa-cultural do museu, com instituições de ensino público e privado, desde a educação infantil ao ensino superior e a outros grupos que desenvolvem atividades sociais ou culturais”, afirma Luiza Maia, secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), do qual o museu é vinculado.

Criado em 1975 e abrigado em um casarão da década de 1940, no Corredor da Vitória, o MGB tem entre suas atrações principais uma réplica do meteorito Bendegó, que recentemente foi assunto nacional após o incêndio no Museu Nacional, no Rio de Janeiro, onde encontra-se o artefato original. Quando encontrado, nos idos de 1784, em uma fazenda próxima à atual cidade de Monte Santo, Bahia, o Bendegó era considerado o maior meteorito encontrado em solo brasileiro e segundo maior do mundo. Atualmente ocupa o 16º lugar, em tamanho.

“Adquirir conhecimento, aprofundar-se na história, consumir cultura, aumentar o potencial educativo e até mesmo ver de perto o que aprende-se nos livros são alguns dos variados motivos para ir até um museu. A réplica do meteorito de Bendegó recepciona o visitante logo na entrada. Ainda no foyer, um painel interativo com um simples toque pode teletransportar o visitante a uma misteriosa cratera de maneira lúdica e atrativa”, explica Heli de Almeida Sampaio, coordenador do Museu Geológico.

Na sala dos meteoritos, o visitante aprende que os corpos celestes vagam no espaço desde a forma de estrelas gigantes à microscópicos fragmentos de asteróides. A sala do Universo ativa os sentidos através de imagens e sons que remetem às estrelas, às galáxias, ao sol e aos planetas. Outra grande atração é o Planetário, composto por uma cápsula inflável, com capacidade para acomodar 15 pessoas, por apresentação, e permite a simulação do sistema solar e seus principais astros.

Existe ainda uma coleção de pedras preciosas e cristais, a réplica de esqueleto e estrutura de um mastodonte, obra da artista plástica Nanci Novaes, o meteorito Quijingue, único meteorito misto, de rocha e ferro, do Brasil. Há também o painel confeccionado com pedras e rochas da Bahia, de autoria do artista plástico Juarez Paraíso, além de uma sala dedicada a contar a história do petróleo brasileiro.

O museu tem ainda um auditório que foi inaugurado em 1985 e desde 1996 abriga o Cinema do Museu, uma das salas de projeção de filmes de arte de Salvador. Com capacidade para 125 pessoas, o local é considerado um dos melhores espaços culturais da cidade. Além da projeção de filmes educativos, o museu é utilizado para realização de eventos científicos e culturais.

“Ter um equipamento como este, fonte de enriquecimento dos saberes para crianças e adolescentes, que permite um contato real e científico com aquilo que eles vêem nos livros, que mostra o potencial mineral do nosso estado e curiosidades do nosso planeta é um patrimônio inconteste de conhecimento da nossa Bahia e que precisa ser valorizado e conhecido”, destaca Luiza Maia.

O circuito inteiro de visita ao Museu Geológico abrange 15 salas temáticas e tem entrada gratuita. Para grupos acima de 15 pessoas é oferecida visita orientada, atividade também gratuita, sempre previamente agendada: no telefone (71) 3336-3498 ou no e-mail, mgb@sde.ba.gov.br. Os horários de visitação são de terça a sexta, das 13h às 18h, e aos sábados e domingos, das 13h às 17h.

O Cinema do Museu também é palco das Terças Musicais, com apresentação mensal de Cameratas da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), fruto de parceria com o Teatro Castro Alves, toda primeira terça-feira.

Programação completa no MGB – De 18 a 23 de setembro de 2018

EXPOSIÇÃO: Jogos Africanos – Colégio Estadual Odorico Tavares

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: Celebrando a Educação em Museus – Colégio Estadual Odorico Tavares

EXPOSIÇÃO: Grafite sobre Papelão – Givanildo Mateus.

18/09 – Terça-feira

8h30 às 11h – Exibição de filme seguido de debate sobre “Museus e as possibilidades educativas”. Debatedores: Carla Caroline Mota Neri, Elizabeth de Jesus da Silva e Felipe da Silva Borges

13h30 às 16h30 – Exibição de filme seguido de debate sobre “Museu na Rota das Relações Étnico Raciais” Debatedores: Profa.Dra. Elizabeth de Jesus da Silva, Luciana Mendes Senna e Msc.Bárbara Vérgas

19/09 – Quarta-feira

8h30 às 11h – Exibição de filme seguido de debate sobre “Cinema, leitura, pereformace: celebrando a educação em museus”. Debatedores: Carla Caroline Mota Neri, Felipe da Silva Borges e Fábio Rodrigues Filho

14h às 17h – Mesa redonda: EM DEBATE “Celebrando a Educação nos Museus?” Participação em processo de confirmação

20/09 – Quinta-feira

8h30 às 11h – Exibição de filme seguido de debate sobre “Museus e Memórias”. Debatedores: Carla Caroline Mota Neri, Felipe da Silva Borges e Fábio Rodrigues Filho

13h30 às 16h30 – Exibição de filme seguido de debate sobre “Museu na Rota das Relações Étnico Raciais”. Debatedores: Prof.Dra. Elizabeth de Jesus da Silva, Luciana Mendes Senna, Msc. Bárbara Vérgas

21/09 – Sexta-feira

9h às 12h – Mesa redonda sobre: “Articulações conceituais: História, Patrimônio e Museu”. Participação: Profa. Dra. Joseania Freitas e Prof. Dr. Marcelo Cunha

14h às 17h – Mesa redonda: “Entre o digital e o presencial: a museologia e os museus no mundo contemporâneo” Participação: Prof. Dr. Claudio Oliveira, Profa. Msc. Luciana Messeder, Profa. Dra. Rita Maia e Prof. Msc. Heli de Almeida Sampaio Filho.

Ascom/SDE/ Foto da sala de pedras: Marcelo Ferrão/ Foto do do réplica meteorito Bendegó: Divulgação

Maior biblioteca de magia e ocultismo do mundo disponibiliza acervo na internet

Fundada em 1957, a Biblioteca de Ritman, ou Bibliotheca Philosophica Hermetica, só foi aberta ao público em 1984. Seu fundador, Joost Ritman, começou a juntar livros raros sobre espiritualidade quando ainda era adolescente, iniciando com uma edição do século 17 de “Aurora”, do filósofo alemão Jakob Böhme.

ea6cb977eb51dc31f921250b0764faf1

Em junho de 2016, Dan Brown, escritor e autor de livros como O Código Da Vinci e Anjos e Demônios e que havia feito várias pesquisas por lá durante seus processos criativos, anunciou uma doação de 300 mil euros para que a biblioteca pudesse digitalizar seu acervo e tornar as obras acessíveis a um público maior.

Dos cerca de 4.600 livros da Biblioteca de Ritman, pouco mais de 2.100 já estão disponíveis online e podem ser acessados através do site Embaixada da Mente Livre. Há diversos estudos sobre temas como alquimia, astrologia, magia e outros temas caros ao ocultismo.

É importante ressaltar que as obras estão escritas em diferentes idiomas europeus, com predominância para textos em latim. Há também livros em inglês, francês, alemão e holandês, e a forma mais fácil de filtrar as buscas no catálogo é selecionar por lugar de publicação

Thiaguinho traz segunda edição do projeto Tardezinha para Salvador

original_0199

O evento, que acontece no Othon, dia 30 de setembro, promete mais de 3h de show do cantor

Thiaguinho desembarca em Salvador e fecha o mês de setembro com chave de ouro. No domingo, 30, na área verde do Othon, a partir das 15h, o cantor comanda a segunda edição da festa Tardezinha na capital baiana. Os ingressos do quarto lote custam R$190.

A edição traz as canções do novo CD do projeto, o Tardezinha 2. Sucesso em todo o Brasil, o trabalho é também um resgate as grande canções do pagode dos anos 1990 e 2000.

São músicas como “Livre Pra Voar”, “Ainda Gosto de Você”, “Essa Tal Liberdade”, “Telegrama”, “Sina”, “Coração Radiante” e outros hits, distribuídos em pot-pourris ao longo da apresentação, que prometem mais de 3h de show de Thiaguinho. A festa, trazida a Salvador pela Oquei Produções, ainda vai contar com a abertura de DJs.

O evento traz uma atmosfera diferenciada e que fortalece o conceito da Tardizinha por todo o país. A disposição do palco, em sua proposta de 360º, bem baixo, colabora para que o cantor interaja com o público de uma maneira bem intimista. No ano passado o projeto rodou por 29 cidades do Brasil e, ao longo de três anos com esse trabalho, são contabilizados aproximadamente 100 shows, em sua maioria com ingressos esgotados.

Serviço:

Tardezinha Salvador

Onde: Área Verde do Othon

Quando: Domingo, 30 de setembro

Horário: 15h

Ingressos: R$190 (4° lote)

FONTE: LK COMUNICAÇÃO

FRÉSIA lança coleção inspirada na praia de Bainema

original_Fresia03

Vai ter música, moda, arte, comidinhas gostosas, drinks especiais e muito alto astral no lançamento da coleção verão 2018 da Frésia. O por do sol na Baía de Todos os Santos é o cenário perfeito para o lançamento, já que a coleção é inspirada na praia de Bainema, uma das mais bonitas do Arquipélago de Tinharé, no Baixo Sul da Bahia. O evento acontece nesta terça-feira (11), a partir das 16h30, na Varanda do Restaurante Pereira e é exclusivo para convidados.

CONHEÇA A COLEÇÃO – Bainema, um paraíso das águas adornada por vastas cortinas de coqueirais, areia branca, piscinas naturais, trilhas que cortam a mata, mangues, rios. Uma praia de brisa morna, com um mar quente e um céu de azul infinito. Situada no Baixo Sul da Bahia, Bainema é acervo natural, uma região reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade, cuja praia está integrada à Área de Preservação Ambiental da Ilha de Boipeba.

Na “Casa dos Sonhos” onde passamos os dias em Bainema, ao abrir os olhos pela manhã, a luz tênue atravessa a sensível textura da cortina e a cama parece um berço. Dada a distância da praia, o som das ondas chega suave, como se fosse premeditado junto ao som dos pássaros, que embalam nosso sono. Com as janelas e cortinas abertas, o vento e o verde da mata preenchem o conforto da casa, a cada olhar a natureza surpreende com as belas e diferentes paisagens, numa exibição de movimento. A varanda, ambientada por redes, também exibe uma visão mágica, num convite incessante à leitura, ao café, ao violão, a uma prosa livre e um degustar de sabores. O lugar perfeito, onde o clima, o ambiente e os sons embalam os sonhos e oportunizam um chamamento para a pausa e um recomeçar.

Foi nesse cenário incrível que a Frésia escolheu viver todas essas sensações, trazendo para vocês um pouco da vibe que esse lugar mágico imprimiu em nossa coleção. As estampas, texturas, tecidos e paleta de cores são tênues e vibrantes, como os dias em Bainema. Muita beleza com leveza, elegância e fluidez. Assim é a nova coleção.

FONTE: LK COMUNICAÇÃO

Feminismo é ‘vencedor’, disse Beatriz Segall em última entrevista

Atriz, falecida nesta quarta-feira (5) aos 92 anos, relembrou o período que ingressou na universidade de filosofia e afirmou: “A mulher mudou muito
beatriz-segall-twitter1
Em sua última entrevista, a atriz Beatriz Segall, falecida nesta quarta-feira (5) aos 92 anos, refletiu sobre o movimento feminista e afirma que ao longo dos anos, o considera “vencedor”.

“Eu acho que a mulher mudou muito. O movimento feminista é vencedor. Eu acho que é”, disse ao canal Mais Comunicativa, em vídeo publicado no ano passado.

Beatriz relembrou o tempo que entrou na universidade para estudar filosofia, o início de uma era de mudanças para as mulheres:

“Era uma coisa importante entrar na faculdade. Minha turma de Filosofia era especial porque tinha 14 mulheres e um rapaz. Esse rapaz, não sei o que aconteceu, deve ter se sentido mal por estar no meio de tanta mulher, mas ele não voltou mais. Acho que ficou com medo da gente”, analisou.

Conhecida pelo papel de Odete Roitman na novela “Vale Tudo, de 1988 e que está sendo exibida novamente pelo Canal Viva, a atriz já havia sido internada em agosto,no Hospital Sírio-Libanês. Na última semana, ela voltou e não resistiu.

SecultBA divulga resultados da 3ª Chamada do Edital de Mobilidade Artística e Cultural

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) divulga o resultado da análise de mérito da terceira chamada do Edital de Mobilidade Artística e Cultural, conforme veiculado no Diário Oficial do Estado, na edição de 30 de agosto de 2018.

Durante três dias, membros da Comissão Gerenciadora do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), programa de Fomento, administrado pelas Secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado, realizaram a análise de mérito de 63 propostas. No total foram aprovadas 26 propostas sendo (20 titulares e 6 suplentes). O recurso disponível para esta chamada é de R$ 400 mil reais, a serem investidos em projetos nas áreas de Intercâmbio e Difusão; Residência Artística e Formação Cultural, para atividades que devem ocorrer fora do estado ou país.

A relação das propostas avaliadas, incluindo as não selecionadas, está disponível nos endereços eletrônicos: www.cultura.ba.gov.br e siic.cultura.ba.gov.br. A data limite para interposição de recursos é 09 de setembro. Os aprovados devem ficar atentos para a convocação acerca da entrega da documentação obrigatória que deve ocorrer de 12 a 21 de setembro.

Quarta chamada – As inscrições da 4ª Chamada do Edital de Mobilidade Artística e Cultural estão abertas até 11 de setembro, com o valor do edital para R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais). Propostas com data prevista de realização a partir de 01 de fevereiro de 2019, em qualquer segmento da cultura e da arte, podem se inscrever desde que a finalidade do apoio seja nas áreas de Intercâmbio e Difusão; Residência Artística e Formação Cultural e SOMENTE deve ocorrer fora do estado ou país.

Para participar o proponente deve acessar o sistema Clique Fomento, disponível no endereço http://siic.cultura.ba.gov.br e após a inscrição, clicar no botão ENVIAR. É importante que antes de enviar o candidato cheque todas as exigências dos documentos necessários, devendo incluir os anexos na formatação exigida.

Assessoria de Comunicação – Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
Telefone: (71) 3103-3442 / 3452
Email: ascom@cultura.ba.gov.br
www.cultura.ba.gov.br | www.facebook.com/secultba
www.flickr.com/photos/secultba | www.twitter.com/SecultBA

COLÉGIO MODELO DA GAMBOA PROMOVERÁ DEBATE

O Colégio Modelo da Gamboa promove no dia 21/09 o debate “Inexistência, Cultura, Suicídio”. Em sua 4ª edição, o evento gratuito é um convite para uma discussão interdisciplinar acerca da vida mental na sociedade contemporânea e suas desordens. Uma mesa redonda terá a participação do sociólogo Antônio Mateus Soares, da delegada Argimária Soares, além da psicóloga Caroline Severo e do psiquiatra Victor Pablo Silveira. Para participar basta se inscrever através do link http://dialogos-suicidio.com.br/gamboa-do-morro-ba-21-de-s…/

argimaria-soares-delegada-300x300caroline-severo-2-300x300
mateus-300x300victor-pablo-300x300

DIREITO E NOVAS TECNOLOGIAS

Você corre risco de ser substituído por um robô no futuro

original_WhatsApp%20Image%202018-08-29%20at%2015_06_53%20(1)

Você já imaginou entrar em um ônibus e não ter a presença de um cobrador? Mais ainda, não ter nem motorista? Várias profissões estão com os dias contado. Este e outros temas ligados ao Direito e novas tecnologias foram debatidos, nesta sexta (29), no “Fórum de Teses” da Faculdade Baiana de Direito, na sede da instituição.

De acordo com advogado e consultor jurídico em Direito Público, Diogo Assis Guanabara, cerca de 7 milhões de pessoas irão perder os postos de trabalho nos próximos 20 anos.

“Os números foram divulgados, em 2016, no relatório do Fórum Econômico Mundial. As funções de rotina, repetitiva, serão substituídas por máquinas. Isso será inevitável”, afirma Diogo Guanabara, que é também professor de Direito Constitucional e Ambiental da Faculdade Baiana de Direito e comandou, ao lado de Maurício Requião (mestre e doutor em Direito) e Marcus Seixas (mestre e doutorando em Direito), a primeira mesa de debate: Privacidade e Proteção de Dados na Era Digital.

Ao todo, foram dez mesas redondas, divididas em três grupos, e cerca de sete horas de programação. Renato Opice Blum, advogado e mestre pela Florida Christian University, comandou a conferência de abertura, às 10h.

“Foi muito bom ver o auditório lotado e o interesse do público pelo tema. A tecnologia é dinâmica e muda a cada segundo. Precisamos, cada vez mais, buscar conhecimento para acompanhar o avanço tecnológico”, destaca Renato.

O Fórum de Teses debateu temas como democracia digital; utilização de novas tecnologias como instrumento no combate à macrocriminalidade; empreendedorismo e inovação no mercado jurídico; Fake News; A Justiça Televisionada: Espetacularização, Informação ou Publicidade?, dentre outros.

Nomes como Gabriel Marques (doutor em Direito pela USP), Miguel Calmon Dantas (procurador do estado da Bahia), Walber Carneiro (doutor em Direito pela Universidade de Coimbra), Roberto Gomes (promotor de Justiça do MPBA), dentre outros estiveram à frente dos debates.

FONTE: LK Comunicação
Foto: Rogério Costa

Núcleo de Práticas Jurídicas da UNEB Campus XV – Valença inicia atendimento gratuito à população

Outlook-ucxutz3i

O Núcleo de Práticas Jurídicas da UNEB Campus XV – Valença está com o agendamento aberto para atendimentos jurídicos à população de Valença e do Território do Baixo Sul, nas áreas cível, penal e trabalhista. O atendimento é gratuito.
O agendamento do atendimento deve ser realizado, presencialmente, no prédio do Núcleo, localizado na UNEB Campus XV – Valença, na Avenida Boulevard Parque Tropical, s/n, na segunda-feira, terça-feira e quarta-feira pela tarde, das 14:00h às 18:00h e, quinta-feira e sexta-feira pela manhã, das 08:00 as 12:00h.
O Núcleo de Práticas Jurídicas é composto por estudantes do curso de Direito que têm a oportunidade de aplicar os conhecimentos jurídicos adquiridos na Instituição em prol da população menos favorecida, sendo que, em todo tempo, os estudantes são orientados e acompanhados pelos professores do Núcleo.
Para a Coordenadora do Núcleo, Professora Camila Nascimento Sobral Queiroz, o estágio é uma prática essencial para a formação dos acadêmicos do curso de Direito. “O estágio de prática jurídica na Universidade é muito importante, pois concede ao estudante de Direito a habilidade necessária para colocar em prática a teoria adquirida nos anos de faculdade. A prática é essencial para quem quer ser um bom profissional do Direito”, destacou a docente.
Maiores informações através do telefone 75-3641.0599 ramais 210 e 228.

Quando A partir de agosto
Horário das 08h30 às 12h e das 14h às 17h.
Contato / Informações Ascom Valença 3641-0599

FONTE: ASCOM/UNEB