Monthly Archives: setembro 2014

Rubem Fonseca e Laurentino Fonseca estão entre finalistas do prêmio Jabuti

Único prêmio dedicado a reconhecer as principais etapas de produção de um livro – do conteúdo à capa, da tradução ao projeto gráfico – e os mais diversos gêneros – da matemática à poesia -, o Jabuti anunciou nessa terça-feira, 23, os 10 finalistas de suas 27 categorias.

A professora e pesquisadora Marisa Lajolo, que já fez parte do júri da premiação algumas vezes, assumiu este ano a curadoria e comandou a apuração dos votos, realizada ao longo desta terça-feira, na sede da Câmara Brasileira do Livro. No total, 2.240 livros publicados em 2013 foram inscritos nesta 56.ª edição do Jabuti.

Na lista, alguns velhos conhecidos da premiação, como Laurentino Gomes, que ganhou o Jabuti de livro reportagem e livro do ano pelos dois primeiros volumes de sua trilogia histórica – 1808 e 1822 – e concorre agora com o derradeiro 1889. O jornalista e biógrafo Lira Neto, terceiro lugar no ano passado com Getúlio: Dos Anos de Formação à Conquista do Poder (1882-1930) disputa a estatueta agora com o volume seguinte de sua série: Getúlio – Do Governo Provisório à Ditadura do Estado Novo (1930-1945).

Entre os finalistas da categoria conto e crônica está Milton Hatoum e seu Um Solitário à Espreita, volume com crônicas – muitas das quais publicadas no jornal O Estado de S.Paulo. Ele concorre com Rubem Fonseca (Amálgama), Luiz Vilela (Você Verá), Antonio Prata (Nu, de Botas), João Vereza (Noveletas, vencedor do Prêmio Sesc), Everardo Norões (Entre Moscas), Cristovão Tezza (Um Operário em Férias), Ettore Bottini (Uns Contos), Jádson Barros Neves (Consternação) e Moema Franca (Bem Aqui).

Já entre os romancistas estão Bernardo Carvalho, Michel Laub, Veronica Stigger, Marcos Peres, Flávio Cafiero, Sergio Rodrigues, Marcelino Freire, Fernanda Torres, Luis S. Krausz, colaborador do jornal O Estado de S.Paulo e vencedor do Prêmio Benvirá, e Laura Erber.( Estadão Conteúdo)Rubem Foinseca

Paulo Souto diz que vai aperfeiçoar e melhorar o Planserv

“Vamos aperfeiçoar o Planserv, melhorando os serviços, e ampliar a cobertura dele no interior do estado”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, que, nesta terça-feira, ao lado dos companheiros da coligação “Unidos pela Bahia”, Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador), participa de carreata pelas cidades de Morro do Chapéu, América Dourada, João Dourado, Irecê e Lapão. Criador do pioneiro plano de saúde voltado ao servidor público, Paulo Souto diz que dedica uma atenção especial ao Planserv. “Foi uma iniciativa vitoriosa que pretendo tornar ainda melhor”, assinala, com aprovação do candidato a deputado federal Cláudio Taboada, ex-presidente da Bahiatursa em seu último governo, e do estadual Militão. “É o maior plano de saúde da Bahia. São mais de 500 mil beneficiários entre servidores ativos, inativos e familiares”, diz o candidato a governador, que pretende reativar, no caso de eleito, outro benefício importante que criou para o funcionalismo público baiano: o Programa Habitacional do Servidor Público. “Muita gente que tentou participar recentemente do Programa Habitacional ficou frustrada, porque o governo do PT suspendeu esse benefício criado por mim”, observa Paulo Souto. Segundo ele, o programa facilitava o acesso dos servidores à aquisição da casa própria, possibilitando o pagamento da metade do valor de mercado da prestação do financiamento. “O PT fez muitas promessas para os servidores públicos nas campanhas eleitorais, mas, quando conquistaram o governo, deram as costas à categoria, que o digam os professores da rede pública de ensino médio e os policiais baianos”, lembra Paulo Souto, que pretende uma relação construtiva com a classe, melhorando a condição de trabalho de forma a que o resultado seja a elevação da qualidade dos serviços públicos à sociedade.Paulo Souto

Ibope: Em 2º turno, Marina e Dilma empatam com 41%

Pesquisa Ibope/Estadão/TVGlobo mostra um empate numérico entre as candidatas Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) numa eventual disputa em segundo turno. Ambas aparecem com 41% das intenções de voto. Brancos e nulos são 12% e indecisos, 6%. Nas pesquisas anteriores, a diferença a favor de Marina foi de 9 pontos para 7 pontos, depois para 1 ponto e estava em 3 pontos porcentuais na última semana. No cenário em que o adversário de Dilma é o candidato do PSDB, Aécio Neves, a diferença da petista sobre o tucano subiu de 7 pontos para 11 pontos porcentuais da última pesquisa para cá. Agora Dilma tem 46% contra 35% de Aécio. Brancos e nulos são 13% e indecisos, 7%.

Numa simulação entre Marina e Aécio, a candidata do PSB teria 44% ante 31% de Aécio – a diferença caiu de 18 pontos para 13 pontos. Brancos e nulos são 16% e indecisos, 9%. A pesquisa mostra que a taxa de rejeição da candidata Marina Silva (PSB) subiu de 14% para 17%. Segundo o levantamento, a taxa da candidata Dilma Rousseff (PT) oscilou de 32% para 31% e a de Aécio Neves (PSDB) se manteve em 19%. A taxa de rejeição ao pastor Everaldo (PSC) é de 17%. A de Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC) e Luciana Genro (PSOL), 12%. A rejeição a Mauro Iasi (PCB) é 11% e a de Rui Costa Pimenta (PCO), 10%. Já 8% dos eleitores disseram que poderiam votar em todos os candidatos e 16% não souberam ou não responderam.

O Ibope aponta um cenário de estabilidade na avaliação do governo Dilma Rousseff (PT). Apenas a avaliação boa ou ótima oscilou de 37% para 39%. A avaliação regular se manteve em 33% e a ruim ou péssima permaneceu em 28%. Apenas 1% não soube ou não respondeu à questão. A avaliação boa ou ótima do governo voltou ao mesmo patamar registrado em novembro do ano passado, na melhor marca desde então. No pior momento da administração de Dilma, em junho e julho deste ano, o índice ficou em 31%. O nível de aprovação da maneira como a presidente Dilma está governando o País se manteve praticamente estável: 49% aprovam e 46% desaprovam; 5% não souberam ou não responderam. Na pesquisa anterior, eram 48% os que aprovavam a maneira como Dilma governa, 46% os que desaprovavam e 6% os que não responderam.

A nota média atribuída ao governo oscilou de 5,5 na semana passada para 5,6 agora. No final de agosto, a média era de 5,6 e chegou a 5,8 no início de setembro. O potencial de voto de Marina Silva (PSB) caiu de 65% para 61% da semana passada para cá. O potencial de voto soma os eleitores que dizem que votariam no candidato com certeza ou que poderiam votar nele para a Presidência da República. No caso de Dilma Rousseff (PT), o potencial de voto oscilou de 52% para 54%, e no de Aécio Neves (PSDB), de 53% para 55%. A pesquisa mostra que 52% dos eleitores acreditam que Dilma Rousseff (PT) será a próxima presidente do Brasil. Nos levantamentos anteriores, o porcentual havia saído de 47% para 51%. Para 26% dos eleitores, Marina Silva (PSB) é a favorita neste pleito – na mostra anterior, eram 27%. Os que acreditam na vitória de Aécio Neves (PSDB) somam 10%, de 9% na pesquisa anterior.CANDIDATOS federal 2014

Dilma Rousseff estará em Feira de Santana nesta quinta-feira com Rui, Otto e Wagner

A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição e líder nas intenções de voto de acordo com a última pesquisa Ibope, estará em Feira de Santana nesta quinta-feira (25) onde participa de caminhada ao lado dos candidatos ao governo do estado e ao Senado, Rui Costa (PT) e Otto Alencar (PSD), respectivamente. O ato contará também com a presença do governador Jaques Wagner (PT). Segundo o presidente do PT e coordenador da campanha de Dilma na Bahia, Everaldo Anunciação, a caminhada começa às 11h e a presidente dará um pronunciamento ao final.

Fornecimento de energia elétrica: Interrupção temporária

A Coelba está informando a interrupção temporária do fornecimento de energia elétrica:
 
- No povoado de Valete – Quarta-feira (24) – Das 08 às 14h.
 
- Nas ruas João Cardoso, Juscelino Guimarães, Maria Alice Conceição, Eraldo Tinoco e Gentil Paraíso Martins – Quarta-feira (24)- Das 09 às 15h.
 
- No Loteamento Jardim Grimaldi – Sexta-feira (26) – Das 09 às 15h.
 
- Nas ruas São Paulo e Augusta Guimarães, na  avenida Dendezeiros e no loteamento Primavera – Sexta-feira (26) – Das 10 às 16h.
 
- Nas ruas Sete de Setembro e Bate-Quente e na praça Leovigildo Martins – Domingo (28) – Das 10 às 16h.
 

Mais 1,3 mil novos soldados da Polícia Militar reforçam segurança na Bahia

A formatura de 1,3 mil formandos do curso de formação de soldados da Polícia Militar, na próxima sexta-feira (26), em Salvador, é um dos destaques na edição desta terça-feira (22) do programa de rádio Conversa com o Governador. “É mais um grupo de policiais que vamos incorporar e, ao todo, estamos ultrapassando 13 mil [novos] policiais para ampliar o número de policiais nas ruas, aumentando a presença, dentro do Programa Pacto Pela Vida, na segurança da população”, disse o governador Jaques Wagner.

 

Além desse efetivo aprovado no concurso de 2012, já foram convocados outros 700 policiais, lembra Wagner ao anunciar a convocação de mais 400 novos integrantes da tropa para preencher as vagas abertas com aposentadorias e suprir as necessidades de ampliação do contingente da PM baiana.

 

Na semana passada, 1,2 mil novos cabos e sargentos recém-formados foram promovidos. No total, o número de promoções na corporação supera os 20 mil, desde 2007.

 

Ainda na área da segurança pública, o governador comenta a inauguração da segunda Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana, realizada na última segunda-feira (22). A 17ª unidade instalada no Estado e quinta em cidades do interior conta com efetivo de 60 policiais militares, viaturas, câmeras para garantir mais segurança e cidadania no bairro da Rua Nova. A outra base instalada em Feira fica no bairro George Américo.

A VITÓRIA SERÁ NOSSA!

Eu, enquanto candidato a Deputado Estadual da Região, recorri da decisão da ministra Maria Thereza de Assis Moura, do TSE, que pediu indeferimento da candidatura.

Outras decisões em processos iguais ao nosso, já foram dadas pela aprovação das candidaturas. Por isso mesmo, é que tenho a certeza que a justiça será feita, ainda no TSE.

Segundo Maurício Campos, advogado que me representa, o principal argumento para o pedido de reconsideração é que a Câmara Municipal de Cairu ainda não se manifestou sobre as minhas contas de 2011, como também não existe decisão judicial contra mim, ao longo de toda a minha vida pública.

Foi um “equívoco” do TCM que criou todo esse problema, ao emitir parecer opinando pela rejeição das contas de 2011, a qual ainda não foi apreciada e julgada pela Câmara Municipal, como prevê a Constituição Federal. Em 12 anos como prefeito de Cairu, tive 11 contas aprovadas pelo TCM, inclusive a de 2012, com as mesmas atividades orçamentárias do exercício das contas de 2011.

A minha candidatura continua firme e forte. Sou ficha limpa, a minha história comprova. Não vou desistir e usarei de todos os recursos possíveis para provar a minha inocência.

Não se deixem abater pelo clima de desespero e covardia dos nossos adversários. A verdade tarda, mas não falha.

Por isso, peço a cada um de vocês que continue lutando e acreditando no legítimo candidato da Região do Baixo Sul.

A Vitória Será Nossa!

Hildécio Meireles

Deputado Estadual 15456Hildecio Meireles

JUCÉLIA GANHA PROCESSO EM SALVADOR

 

A decisão sobre a Ação de Investigação Judicial Eleitoral referente ao Processo  nº 1061, de iniciativa de Gilson Silva Santos, movido contra a prefeita Jucélia Nascimento, o vice-prefeito Joailton de Jesus e Ramiro Queiroz, alegando suposta compra de votos e abuso do poder econômico, entre outros ganhou na capital baiana por 6 a 0 a favor da prefeita. Em Valença o parecer da sentença da juíza da 31ª Zona Eleitoral, Alzeni Conceição Barreto Alves, foram consideradas IMPROCEDENTES.

A prefeita Jucélia disse que “a verdade sempre prevalece. Sinto orgulho de ser valenciana, estou muito feliz em saber que o município está sendo conduzido por pessoas de bem no Executivo, Legislativo e Judiciário”.02 Jucélia falando para comunidade do Quilombo

‘Sou o único capaz de controlar a inflação no Brasil’, diz Aécio

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, disse durante entrevista ao Jornal da Record nesta quarta-feira (17) que será “o único capaz de controlar a inflação no Brasil”.  “Se o Brasil avançou é porque tivemos estabilidade. Temos a mais qualificada equipe para gerar. A atual presidente não teve a capacidade necessária para combater a inflação”, afirmou o tucano ao relembrar que a estabilidade que o Plano Real trouxe ao País durante o governo de FHC. Segundo o candidato, o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, será seu ministro da Fazenda. Além disso, o presidenciável afirmou ser contra a homofobia, dizendo que “qualquer tipo de discriminação deve ser crime”. Aécio disse defender o que foi decidido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em relação ao casamento gay: “Defendo a união civil de pessoas do mesmo sexo”, declarou.(BN)

Seminário sobre Culturas Populares e Educação

O Grupo de Pesquisas GRIÔ – Culturas Populares, Ancestralidade Africana e Educação, criado em 2011 e ligado à Faculdade de Educação da UFBA, está promovendo o I SEMINÁRIO GRIÔ: CULTURAS POPULARES E EDUCAÇÃO, a ser realizado nos dias 9 e 10 de outubro, na Faculdade de Educação da UFBA, no Vale do Canela em Salvador.

A proposta do Seminário é estabelecer diálogos e trocas entre o saber acadêmico e os saberes populares. Haverá espaço para apresentação de trabalhos acadêmicos e também relatos de experiências desenvolvidas no campo não-formal por mestres/mestras  e educadores populares. O prazo de inscrição de trabalhos foi prorrogado para o dia 20 de setembro.