Monthly Archives: janeiro 2016

VALENÇA DIVULGA ATRAÇÕES DO CARNAVAL CULTURAL

Carnaval Valença

VALENÇA RECEBE FORÇA NACIONAL PARA AS OLIMPIADAS

Valença recebeu na manhã desta quinta-feira (28), integrantes da Força Nacional de Segurança (FNS), Órgão vinculado ao Ministério da Justiça, com a finalidade de realizar vistoria nos municípios e rodovias que cortam o Baixo Sul, por onde deverá passar a Tocha Olímpica, evento que antecede as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro.

Sob o comando do capitão Mafra, sete oficiais da FNS se reuniram no Hotel Portal Rio Una com o comandante do Tiro de Guerra TG006-005, subtenente Pavone; o comandante da 33ª CIPM, major Itamar Gondim; o coordenador da 5ª Coorpin, José Raimundo; o representante do Comitê Organizador da Tocha Olímpica da Prefeitura de Valença, Lauro Sacramento e o diretor de Trânsito de Valença, José Aparecido.

Valença fará parte do seleto grupo de que terá a oportunidade de celebrar a passagem da tocha olímpica. De acordo com o capitão Mafra, a Força Nacional de Segurança contará com 30 integrantes, com a missão de oferecer proteção ao comboio que conduzirá a tocha, tanto nas estradas e outros acessos, como nos centros urbanos.

Com data ainda a ser divulgada pelo Comitê Organizador, a passagem da Tocha em Valença deverá obedecer um percurso de cerca de 7 km pelas ruas da cidade e a celebração final na cidade será em um local também a ser divulgado.

O percurso da Tocha será iniciado no dia 3 de maio, em Brasília, e concluído em 5 de agosto, no Rio de Janeiro, cidade-sede dos Jogos Olímpicos 2016. O evento da rota é realizado em uma parceria dos governos municipais, estaduais e federal, além do Comitê Rio 2016 e os patrocinadores do revezamento, que decidem o trajeto e os condutores.

4822

ESTADO PAGARÁ EM LOTE ÚNICO

O pagamento dos servidores públicos estaduais ativos ou seus dependentes, da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo, dos inativos e pensionistas do Estado ou seus dependentes passa a ser feito em lote único, sempre no último dia útil de cada mês. A medida vale já para esse mês de janeiro e a determinação do governador Rui Costa pode ser verificada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (22), que publicou a tabela anual de pagamento dos servidores.

A nova medida vai permitir que os servidores do Governo da Bahia tenham um maior planejamento de suas contas e vai na direção contrária da alguns estados, que tem estabelecido maior número de lotes, além do parcelamento do pagamento. A decisão do governo de unificar o pagamento dos servidores foi possível graças um processo de ajuste das suas contas, que possibilita ao Estado manter o equilíbrio fiscal. A tabela é publicada anualmente todo mês de janeiro, podendo ser consultada noPortal do Servidor.

O Governo desembolsa, por mês, de acordo com a Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba), uma média de R$ 1,22 bilhão com o pagamento da folha, incluídos os encargos sociais. São aproximadamente 264 mil servidores, entre ativos, aposentados e pensionistas, informou a Secretaria da Administração (Saeb), que coordena a operação mensal de processamento dos dados da folha, realizada por todas as unidades administrativas do Estado.

TCE-BA abre 40 vagas de estágio

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) recebe até o dia 12 de fevereiro inscrições para o processo seletivo de estágio na instituição. O candidato tem de acessar a página do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/BA), instituição integrante do Sistema Fieb, que fica na rua Edistio Pondé, 342, no bairro do Stiep, em Salvador. Ao todo são 40 vagas para cursos de administração, arquitetura, ciências contábeis, design, economia, engenharia ambiental, engenharia civil, jornalismo, letras, publicidade e propaganda e direito. Quatro vagas vão para estudantes que possuem algum tipo de deficiência, sendo três vagas para o curso de direito e uma vaga para administração. De acordo com o Correio, os interessados devem efetuar o cadastro no endereço www.ielestagio.org.br, onde também está disponível o edital completo da seleção. A segunda etapa da seleção ocorreu entre os dias 15 e 29 de fevereiro, em que haverá entrevista técnica. Se aprovados, os estudantes terão carga horária de 4h diárias e receberão auxílio-transporte e bolsa-auxílio de R$ 660.

TRES CAÇAMBAS DE LIXO NA LIMPEZA DO RIO UNA

A Associação de Transportes Marítimos do Baixo Sul (ASTRAM) promove todos os anos à limpeza das margens do Rio Una. O trabalho já foi iniciado há três semanas na ponte da CVI e termina na boca do rio. “Além da limpeza do Rio Una, a ASTRAM e a Federação Municipal das Associações de Moradores de Valença (FEMAMVA) promove também um trabalho social nos bairros de nossa cidade. As nossas entidades se preocupam com o meio ambiente e com a necessidade dos mais carentes. Esse ano o trabalho conta com o apoio da Prefeitura de Valença”, pontuou Romilson Muniz, presidente das entidades.

Um grupo de funcionários da ASTRAM e da ECOLURB já está margeando o Rio Una durante essas semanas e promovendo não só a capina como a coleta de garrafas plásticas, pneus, utensílios e todo o material que é jogado no berçário do rio. Uma canoa está sendo utilizada para dá suporte de um lado ao outro das margens. De acordo com Romilson Muniz já foram retirados três caçambas de entulhos entre pneus, garrafas plásticas e outros objetos.

“Uma das soluções para controlar essa sujeira seria instalar estações de tratamento dentro do próprio rio. Outra ação essencial é aumentar a quantidade de esgoto tratado. O trabalho vai continuar e o nosso objetivo e obrigação é cuidar do nosso Rio Una, para que ele fique mais bonito, caudaloso e que atraia cada vez mais os nossos visitantes. Afinal de contas ele é o nosso cartão postal”, finalizou Muniz.

DSC06195

Lama de Mariana não atingiu Abrolhos, diz laudo de contratada da Samarco

Um laudo de uma empresa contratada pela Samarco apontou que os sedimentos da barragem de Fundão em Mariana, Minas Gerais, não atingiram as águas do arquipélago de Abrolhos, no litoral sul baiano. O levantamento, emitido no dia 20 de janeiro, foi divulgado nesta terça-feira (26). Conforme o laudo emitido pelo laboratório ALS Corplab, com sede em São Paulo, não houve alteração do mar de Abrolhos que estivesse relacionada ao rompimento da barragem de Fundão. Quem levantou a suspeita de que os sedimentos tivessem chegado ao sul da Bahia foi levantada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no início do mês. No dia 8, o governo baiano chegou a divulgar imagens de uma mancha suspeita no entorno de Abrolhos. Ainda de acordo com o laudo, testes da água coletada em Abrolhos não detectaram presença de óxido de ferro, um dos elementos que remeteriam à pluma de turbidez (massa de água com sedimentos) do Rio Doce. A Samarco também declarou que os acompanhamentos diários feitos indicam que a turbidez das praias no norte do Espírito Santo e sul da Bahia está dentro da normalidade, o que torna improvável uma presença da pluma na região de Abrolhos.Abrolhos

Rui classifica dados de ONG como ‘inverídicos’ e aponta redução na taxa de homicídios

O governador Rui Costa apontou como inverídicos os números divulgados por uma ONG mexicana que apontam Salvador e região metropolitana como o 14º lugar mais violento do mundo (veja mais). Durante a coletiva para divulgação do esquema de segurança do Carnaval, ele defendeu o trabalho da Polícia Militar e classificou os dados da organização Seguridad, Justicia y Paz como “inverídicos”. “Os números que foram divulgados esta semana sobre as cidades baianas são inverídicos, sem nenhuma base científica nem técnica. Portanto, são números diferentes da realidade”, criticou o governador. Ele reconhece que a taxa de homicídios no estado ainda é alta, mas destaca uma queda nesse número nos últimos cinco anos, incluindo na capital. “O nordeste brasileiro está com em torno de 42, 43 homicídios a cada 100 mil. O estado da Bahia está com 38 a cada 100 mil. É um número por si só alto. Mas nós temos que reconhecer que nos últimos cinco anos nós temos tido redução expressiva e contínua. A mesma coisa em nossa capital, que chegou a números absurdos de mais de 60 homicídios por cada 100 mil, e hoje nós temos na faixa de 46, 47 homicídios a cada 100 mil, diferente daqueles 50 e tantos ou quase 60 que foram divulgados”, explicou Rui. A pesquisa divulgada pela ONG mexicana nesta segunda-feira (25) aponta que Salvador e região metropolitana tem 60,63 homicídios a cada 100 mil habitantes. Entre as 50 cidades indicadas na lista também aparecem Feira de Santana, na 27ª posição com 45,5 homicídios por 100 mil habitantes, e Vitória da Conquista, a 36ª colocada com 38,46 assassinatos.Rui

Grupos Culturais de Cairu participam da ‘Caminhada Raízes da Bahia’, realizado em Salvador

O Reinado de São Benedito, Congos e a Chegança de Cairu deram um show de sons e cores na ‘Caminhada Raízes da Bahia’, realizada na tarde deste domingo (24/01), no Dique do Tororó, em Salvador.

Trinta e seis grupos culturais de diversas regiões desfilaram no entorno do Dique exaltando a pluralidade da cultura de matriz popular, revitalizando, fortalecendo e difundindo as manifestações tradicionais do Recôncavo, Sertão e do Baixo Sul. O público acompanhou também apresentações de fanfarras, quadrilhas, filarmônicas, grupos de dança, blocos de brincantes, grupos de música, maculelê, capoeira, mamulengos, trança-fitas zambiapunga e tantos outros.

O desfile começou na altura do acesso sul da Arena Fonte Nova, seguindo pela avenida Vasco da Gama, no sentido contrário ao fluxo de veículos do Dique do Tororó, que teve o trânsito interditado, no sentido Lapa durante todo o dia.

“Foi maravilhoso receber o calor humano do público e os aplausos dos filhos e amigos de Cairu, que foram prestigiar nossos grupos culturais no decorrer do cortejo. Parabéns a todos os nossos artistas, que com muito talento e amor representaram a cultura de Cairu, e ao prefeito Fernando Brito pelo constante apoio às nossas manifestações tradicionais “, declarou a secretária municipal da Cultura, Adelaide Ribeiro.Cairu

Santa Casa de Valença vai realizar 285 cirurgias de catarata pelo SUS neste fim de semana

catarata2Ação faz parte do mutirão realizado pela instituição, através de contrato firmado com a SESAB e em parceria com o DayHorc

A Santa Casa de Misericórdia de Valença vai realizar neste sábado (23) e domingo (24) 285 cirurgias de catarata através do SUS. A ação faz parte do Mutirão realizado pela instituição, em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESB) e também com a DayHorc – Hospital de Olhos Ruy Cunha. A iniciativa contou ainda com o apoio da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, Igreja Matriz.

Somente no primeiro dia de atendimento do mutirão, que aconteceu nesta quinta-feira (21), foram realizados cerca de 400 atendimentos. A expectativa é que, ao final do dia de hoje, mais de mil pessoas passem por consultas e marcações de cirurgias. Estão aptos a serem atendidos aqueles que tiverem a partir de 60 anos de idade ou que possam diagnóstico prévio de catarata, sendo necessário efetuar cadastro através da Secretaria de Saúde Municipal e apresentar identidade, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Na próxima segunda (25), passarão por revisão médica.

Ao reconhecer a existência de vazios assistenciais e baixa cobertura de serviços oftalmológicos nos municípios, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) busca ampliar o acesso da população nesta área.”Institucionalmente temos o compromisso de ampliar e descentralizar o acesso aos mais diversos serviços de saúde, mas a oportunidade de fazer uma pessoa voltar a enxergar seus filhos e netos quando acometida por uma doença como a catarata, é um diferencial social”, afirma o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que cita ainda a Santa Casa de Valença como uma das referências desse serviço na Bahia que possui aporte de recursos estaduais oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS).

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Valença, Guido Araújo Magalhães Junior, também destaca a importância dessa iniciativa: “a Santa Casa tem feito grande esforço e aceita o desafio de realizar um mutirão dessa proporção, com a mobilização de colaboradores e voluntários, apenas pela grandeza dessa ação, que beneficia Valença e tantas outras cidades. A Secretaria de saúde do Estado mostra, mais uma vez, que acredita nos propósitos da nossa instituição “.

O mutirão vem suprir não somente a demanda da população valenciana, mas de outras cidades baianas: “fiquei feliz em saber que Valença voltou com esse serviço. Há um ano venho tentando marcar minha cirurgia na cidade de Itabuna e não consigo”, diz o senhor João Pedro Brito, 68 anos, natural de Igrapiúna. A busca da senhora América Santos, 74 anos, natural de Valença, dura ainda mais tempo: “essa será a minha primeira cirurgia de catarata. Há quatro anos venho tentando realizar”.

A Santa Casa realiza o procedimento também através de convênios e particular.

Mais informações pelo e-mail mutirao@scmvca.org ou pelos telefones (75) 98864-8499 / 3641-8433.

LIMPEZA DO RIO UNA É UMA MARCA DA ASTRAM

Estamos cuidando do Rio Una. ASTRAM – Levando você ao paraíso.

A Associação de Transportes Marítimos do Baixo Sul (ASTRAM) promove todos os anos à limpeza das margens do Rio Una. O trabalho é iniciado na ponte da CVI e termina na boca do rio. “Além da limpeza do Rio Una, a ASTRAM e a Federação Municipal das Associações de Moradores de Valença (FEMAMVA) promove também um trabalho social nos bairros de nossa cidade. As nossas entidades se preocupam com o meio ambiente e com a necessidade dos mais carentes. Esse ano o trabalho conta com o apoio da Prefeitura de Valença”, pontuou Romilson Muniz, presidente das entidades.

Um grupo de funcionários da ASTRAM e da ECOLURB já está margeando o Rio Una durante essa seamana e promovendo não só a capina como a coleta de garrafas plásticas, pneus, utensílios e todo o material que é jogado no berçário do rio. Uma canoa está sendo utilizada para dá suporte de um lado ao outro das margens.

Uma das soluções para controlar essa sujeira seria instalar estações de tratamento dentro do próprio rio. Outra ação essencial é aumentar a quantidade de esgoto tratado, afirmou Romilson Muniz. “O trabalho vai continuar e o nosso objetivo e obrigação é cuidar do nosso Rio Una, para que ele fique mais bonito, caudaloso e que atraia cada vez mais os nossos visitantes. Afinal de contas ele é o nosso cartão postal”, finalizou Muniz.DSC06193DSC06196