Monthly Archives: outubro 2017

Morro de São Paulo inicia nesta quarta-feira (1/11) cobrança de tarifa única para turistas

morrodesopaulo2

Os turista que chegarem em Morro de São Paulo – município de Cairu, à partir da próxima quarta-feira (1/11), deverão pagar uma tarifa única, no valor de R$ 15,00. Os recursos serão utilizados para melhoria dos serviços turísticos e preservação do patrimônio do Arquipélago de Tinharé. A informação foi divulgada pela Prefeitura Municipal de Cairu, que administra o destino.

A Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) tem o objetivo de assegurar a manutenção, restauração, e preservação do patrimônio histórico, cultural, ambiental e estrutural do arquipélago, bem como as condições ambientais e ecológicas da APA Tinharé.

Nesta primeira etapa da cobrança, a mesma só será feita aos turistas que visitarem o Morro de São Paulo. Nas próximas etapas, a tarifa será aplicada também a quem visitar Boipeba, Garapuá, Moreré e a própria sede da cidade.

A TUPA permitirá o acesso a diversos equipamentos públicos municipais, a exemplo dos terminais hidroviários de Morro e Gamboa, às praças, ruas e monumentos históricos, entre eles, a Fortaleza de Tapirandu (que será inaugurada até o final do ano), a Fonte Grande, igrejas e conventos, além das Falésias da Argila, Piscinas Naturais de Garapuá e Moreré, praias, rios e manguezais.

O pagamento da tarifa deverá ser feito logo ao acessar a ilha, em dois postos distintos, um no principal portal de entrada do Morro, e outro no entreposto de embarque para os passeios volta à ilha.

Estarão isentos da cobrança as crianças menores de 5 anos, e pessoas maiores de 60 anos. Terão direito à meia entrada, estudantes, pessoas com necessidades especiais e pessoas cadastrados em programas sociais de baixa renda, desde que comprovem tais condições.

Respaldo legal

A unificação das diversas tarifas em uma única cobrança foi aprovada pela Câmara de Vereadores de Cairu através da Lei Complementar 515/2017, de 22 de Agosto, publicada no Diário Oficial do Município (DOM), em 15 de Setembro. A nova Lei foi regulamentada através de Decreto do Executivo, publicado no DOM do dia 11 de Outubro, passado.

A Lei é respaldada na Constituição Federal, que atribui ao município a manutenção dos bens públicos, e no Código Tributário, que assegura cobranças de tarifas similares, a exemplo dos conhecidos pedágios, como uma forma compartilhada de garantia de tais serviços.

LK COMUNICAÇÃO – www.lkcomunicacao.com.br

CAIRU REALIZARÁ CONCURSO PÚBLICO

thumbnail_ANÚNCIO%20OUTUBRO%202017

Livros do IPAC são distribuídos no 1º Encontro de Comandantes da PM/BM Nordeste

capa_santa_barbara

Além da cessão de casarões para o 18º Batalhão/PM e Deltur/SSP no Centro Histórico, o IPAC administra espaços com grandes eventos públicos que contam com a segurança da PM e SSP

capa_terreiros candomblé

Livros que tratam dos patrimônios culturais baianos, materiais e imateriais, produzidos pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), foram distribuídos no 1º Encontro de Comandantes Gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Nordeste que termina hoje (27) na Prefeitura da Aeronáutica (Cemchoa), no bairro de Ondina, em Salvador. O encontro começou ontem (26) no Centro de Operações e Inteligência (COI), no Centro Administrativo, com palestra do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa. O IPAC desenvolve diversas ações que contam com a parceria da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros da Bahia e Secretaria de Segurança Pública (SSP).
Livro Carnaval Maragojipe IPAC
O casarão onde está sediado o 18º Batalhão da PM no Centro Histórico de Salvador (CHS) é cedido pelo IPAC, assim como, o casarão da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur/SSP). A casa do posto da PM na Rua Gregório de Mattos, no Pelourinho, também é do IPAC. “Contamos com apoio da PM em parceria com a SSP na revitalização do Passeio Público que ganhou uma câmera 360° (trezentos e sessenta graus), instalada a cerca de 4,5 metros de altura e que atinge extensão de até 800 metros lineares”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira.

BENS CULTURAIS e SHOWS – Para Roberto Pellegrino, diretor de Preservação do IPAC, é importante que esses comandos tenham acesso aos bens culturais da Bahia, protegidos oficialmente pelo Estado. “Os livros propiciam não só a divulgação da cultura baiana, mas também possibilita que essas instâncias da segurança que atuam nas ruas e com o povo, se apropriem de dados muito importantes para a história e memória da Bahia”, comenta o dirigente.

O IPAC administra ainda espaços culturais que recebem grandes eventos, como Passeio Público e Palácio da Aclamação (Campo Grande), Palacete das Artes (Graça), Museu de Arte Moderna (Avenida Contorno) e Praça das Artes (Pelourinho) onde a PM e SSP sempre atuam. Já o Corpo de Bombeiros fez diagnósticos e orientações para garantir a segurança do público frequentador nos Largos do Pelourinho (Tereza Batista, Pedro Archanjo e Quincas) durante os shows. “Esta reforma obedece às determinações do Corpo de Bombeiros”, explica o diretor de Projetos e Obras do IPAC, Felipe Musse. Segundo ele, os largos terão rotas de fuga, guarda-corpos adequados e todas as especificações de segurança exigidas pelas legislações.

DOWNLOAD – As publicações do IPAC distribuídas no evento podem ser acessadas gratuitamente para download: http://goo.gl/CDv6q3. Dentre os títulos, estão a Festa de Santa Bárbara, Pano da Costa, Carnaval de Maragojipe, Conjunto Escola Parque, Ofício dos Vaqueiros, festas da Boa Morte e do Bembé do Mercado, Desfile dos Afoxés, além dos Terreiros de Candomblé de Cachoeira e São Félix. O IPAC publicou ainda Apostilas com compilações de palestras e debates sobre a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Afrobrasileiro, Festas Populares, Cortejo 2 de Julho, Circuitos Arqueológicos da Chapada Diamantina e a Experiência do ICMS Cultural de Minas Gerais. Acesse as Apostilas aqui: http://goo.gl/JyZWGl.
SauloPasseioPúblico2

Conheça a visita virtual aos Museus/IPAC: https://goo.gl/HriC4J. Contatos: www.ipac.ba.gov.br/museus. Mais informações sobre os livros do IPAC no Centro de Documentação e Memória (Cedom), localizado na Rua Gregório de Mattos, nº29, Pelourinho, ou via telefone (71) 3116-6945 e endereços coad.ipac@ipac.ba.gov.br e cepa.ipac@ipac.ba.gov.br. Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook ‘Ipacba Patrimônio’, twitter ‘@ipac_ba’ e instagram ‘@ipac.ba’.

Novos conselheiros municipais de saúde de Cairu são empossados

IMG-20171026-WA0098
Na manhã do dia 25/10, a Prefeitura de Cairu, através da Secretaria da Saúde, realizou a posse dos novos membros do Conselho Municipal de Saúde, instrumento que legitima a participação da sociedade na gestão do sistema público de saúde,atua no controle social do SUS e contribui para a melhoria dos serviços disponibilizados à população.

Um dos princípios mais importantes do SUS está relacionado com a participação da sociedade no processo de fiscalização dos recursos e do andamento dos trabalhos realizados no Sistema Único de Saúde. A importância da atuação do Conselho Municipal, desta forma, garante a inclusão direta da população no controle e na elaboração de políticas para a gestão de saúde do município.

No total, foram empossados 12 titulares e 12 suplentes. No segmento Administração Municipal há representações das secretarias de Políticas Sociais, Desenvolvimento Sustentável e Saúde, já no segmento Trabalhadores existem representantes dos Agentes Comunitários de Saúde, Profissionais de Nível Superior e Profissionais de Nível Médio/Técnico. O segmento Comunidade é representado pela APLB, Igreja Católica, Igreja Batista,Clube das Mães, Colônia de Pescadores e Sindicato da Pesca.

O Conselho Municipal de Saúde é órgão permanente, deliberativo e normativo do SUS no âmbito municipal, que tem por competência formular estratégias e controlar a execução da política de saúde do município, inclusive nos seus aspectos econômicos e financeiros.
IMG-20171026-WA0099

Festa d’Ajuda começa dia 5, em Cachoeira

TERNO DAS  CRIANÇAS FT. ELIAS MASCARENHAS
Os preparativos para a Festa da Nossa Senhora d’Ajuda que acontece entre 5 e 21 de novembro, em Cachoeira, no Recôncavo, já estão sendo finalizados. A manifestação foi registrada em maio deste ano (2017) como Patrimônio Imaterial da Bahia graças às pesquisas e dossiê da equipe multidisciplinar do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) da Secretaria de Cultura (SecultBa). A festa está inscrita no Livro do Registro Especial de Eventos e Celebrações do Estado. “A manifestação surgiu no século XIX como agradecimento dos senhores de engenho pelo sucesso e comercialização das colheitas da cana-de-açúcar”, relata o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Segundo ele, a festa é uma das mais queridas dos cachoeiranos e acontece em calendário móvel. “Geralmente na primeira quinzena de novembro, no calendário litúrgico canônico e nunca em Dia de Finados”, diz.

Além da Festa d’Ajuda, o IPAC tem muitos serviços prestados à Cachoeira e São Félix, onde coordenou restauro de dezenas de imóveis, igrejas e monumentos, construiu o Centro de Artes da Universidade Federal do Recôncavo (UFRB) e urbanizou as orlas fluviais das duas cidades. “O IPAC registrou também 10 terreiros, com livro (http://migre.me/pt99z) e video (https://goo.gl/82TtRQ) sobre o tema”, completa João Carlos. A Festa da Boa Morte se tornou Patrimônio Imaterial via IPAC que produziu igualmente com a SECOM, vídeo (https://goo.gl/BawMJJ) e livro (https://goo.gl/RAU7RZ). Neste ano (2017) o IPAC faz aporte financeiro na festa.

PROGRAMAÇÃO – A programação d’Ajuda começa no dia 5 com saída da Praça Maciel. No dia 12, o Terno do Silêncio à 0 hora e, pela manhã, às 10h, a Lavagem das Baianas, no Largo da Igreja do Monte. Dia 14, o Terno dos Ciganos no Largo d’Ajuda, às 17h. No dia 15, o Terno das Crianças, às 10h, e às 20h o início do Tríduo em louvor à Nossa Senhora. O Terno das Cozinheiras sairá do Largo d’Ajuda, às 17h, e às 20h novamente o Tríduo. Já no dia 17, o Embalo, às 17h no largo d’Ajuda, e às 20h o encerramento do Tríduo. A programação continua no dia 18 com Missa festiva às 19h, a Procissão de Nossa Senhora às 20h e atração musical às 22h. No dia 19, o Terno da Alvorada às 5h com saída do Largo d’Ajuda. E, finalmente, no dia 21, o terno da Saudade, também com saída do largo, às 17h.

O Bando Anunciador que abre no dia 5, geralmente é composto por carros, caminhões e carroças ornamentadas, desfilando pelas principais ruas da cidade, com charanga que convida a população para participar. Minerva Cachoeirana, toques de sino de igreja, Lavagem da Capela com água de cheiro e flores nas quartinhas, fogos de artifício, dobrados, marchas-rancho e hino em louvor à Nossa Senhora D’Ajuda, são outros itens importantes da festa. Feijoada, embalos, ternos com foliões, crianças fantasiadas, samba de roda, chulas, mandus e cabeçorras, são outras atrações da programação.

PESSQUISAS e DOSSIÊ – “As pesquisas incluem acompanhar as celebrações, com estudos etnográficos, de observação, coletas de imagens, depoimentos e escolha de iconografia para a elaboração do dossiê”, afirma o diretor de Preservação do Patrimônio do IPAC, Roberto Pellegrino. Ele diz que o dossiê descreve aspectos históricos, culturais, sociais, econômicos e políticos. “O sentimento de pertencimento e identidade comunitária, a grande afetividade que o povo nutre por este bem cultural tradicional, revela muito da forma de ser e de viver entre o sagrado e o profano”, finaliza Pellegrino.

O IPAC fez pesquisas, dossiês e livros da Festa de Santa Bárbara, Desfile de Afoxés, Carnaval de Maragojipe, Festa da Boa Morte, Ofício de Vaqueiros, dentre outras manifestações que se tornaram Bens Imaterial, com livros para download: https://goo.gl/RAU7RZ. Conheça outros vídeos Secom/IPAC: Educativo (https://goo.gl/rJggpk), Balé Folclórico (https://goo.gl/jZQjJN), Projeto Axé (https://goo.gl/34bd1a), Dinamização (https://goo.gl/S4EyRn), Museus (https://goo.gl/uQS9NG e https://goo.gl/vphG2s), Festa do Bembé (https://goo.gl/63H8Ve) e Capoeira (https://goo.gl/wFJdGN). Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook Ipacba Patrimônio e twitter @ipac_ba.
BANDO ANUNCIADOR FT.ELIAS MASCARENHAS

Secretaria da Juventude de Cairu instala Wi-Fi gratuito em praças da Sede

PraçaJovem

A Prefeitura de Cairu, através da secretaria da Juventude, implantou nesta quarta feira (25/10), na Sede do Município, o projeto “Juventude Conectada” com a instalação de sinal de Wi-Fi gratuito nas Praças Bandeira e Teixeira de Freitas (Praça do Cais). A ação busca incentivar a convivência social, criando pontos de encontros para que os jovens possam ampliar a sociabilização entre si. Além disso, poderão fazer pesquisas escolares em equipe, com a internet pública, e ter maior apoio dessa importante ferramenta nos estudos.

De acordo com a secretária da Juventude, Luana Figueiredo, o projeto quer realmente criar uma conexão entre os jovens. “Geralmente a internet isola as pessoas em casa, mas o Projeto Juventude Conectada atrai os jovens a um lugar público, para ficarem juntos e acessarem gratuitamente a internet e, assim, trocarem ideias e terem um momento entre amigos, postando fotos, dialogando presencialmente, construindo e fortalecendo relações de amizade, bem como melhorando a afetividade entre eles. A ideia é: viver junto é melhor que viver sozinho”, frisou a secretária.

O projeto será implantado também nas outras ilhas do Município e terá outros desdobramentos, que são as “Praças da Juventude”, que, além de internet, terão equipamentos que incentivam a convivência social entre os jovens, a exemplo de pistas de skate, mesas de xadrez, aparelhos para exercícios físicos etc. Tudo para que a galera possa sair do ócio e se movimentar socialmente, formando grupos, não só de WhatsApp, mas também em torno de hobbys, atividades recreativas e esportivas, que tiram o jovem da ociosidade e ajudam na formação cidadã.

O projeto é uma ação presente nas políticas públicas para a juventude elencadas no Plano de Governo 2017-2020 da gestão do prefeito Fernando Brito, beneficiando moradores e turistas. “O município avança na inclusão digital de jovens e este projeto também propaga a divulgação por parte do público visitante, já que o turista terá acesso gratuito em diversos locais do nosso arquipélago, facilitando espalhar imagens de Cairu rapidamente pela internet. Facilita a comunicação entre as pessoas e populariza a internet para todos”, comemora o prefeito de Cairu, Fernando Brito.

Show musical e espetáculo infantil estreiam neste fim de semana no TMI

Por Everaldo Benedito
HLEMOS
“Herval Lemos, alunos e convidados” é o show que será apresentado nesta sexta-feira (27), a partir das 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus (TMI), com a participação de crianças e adultos que este ano se dedicam a aulas de violão, e também a intervenções de artistas de renome do cenário musical do sul da Bahia. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro a preços populares.

Com mais de 20 anos de carreira como intérprete da MPB em casas noturnas e hotéis da região, em 2010 Herval começou o projeto musical com shows onde os alunos cantam e tocam violão. “Nosso trabalho começou de maneira discreta, com oficinas realizadas em escola da cidade, e agora se estendeu a conservatório de música, que evoluiu de maneira a revelar outros dons. Não me considero como descobrir talentos musicais. Basta estudar e se dedicar a fazer o que gosta”, afirmou.

Espetáculo infantil Moana – Já neste domingo (29), a partir das 17 horas, estreia também no Teatro Municipal de Ilhéus, o espetáculo infantil “Moana”, inspirado no filme de Walt Disney. O musical está em turnê por diversos estados do nordeste do país, encantando e emocionando a todos. A equipe de produção do grupo informa que durante a apresentação de “Moana” nove personagens entram em cena com muitos efeitos e troca de cenários. O ingresso custa R$ 60,00 (casadinha para adulto e criança) e R$ 35,00 (individual).

Prefeitura de Cairu Promove Audiência Pública SOS Veículos

IMG-20171020-WA0102
No último dia 20, a administração municipal de Cairu promoveu no Salão Nobre da Câmara Municipal um importante momento de discussão acerca dos veículos que transitam no Arquipélago de Tinharé com a realização da primeira Audiência Pública SOS Veículos. Diversas associações de todas as ilhas do município participaram ativamente do evento.
IMG-20171020-WA0007
Especialistas na questão colaboraram com o aprofundamento nas discussões. A audiência contou com as palestras dos advogados e professores universitários Marcos Sampaio e Rafael Freire que abordaram os aspectos legais do trânsito de veículos em áreas de proteção ambiental, bem como a palestra do biólogo Heigon Oliveira que tratou sobre os impactos ambientais causados pelo uso dos veículos.

De acordo com o prefeito Fernando Brito, a discussão ampliada com a comunidade e com os segmentos envolvidos é extremamente importante. ” Só ouvindo os cairuenses que lidam diariamente com o assunto, sejam como usuários ou como fornecedores, poderemos buscar medidas que beneficiem tanto a comunidade como garanta a sustentabilidade de nosso meio ambiente”, frisou Brito.
IMG-20171020-WA0104
Segundo o subprocurador de Cairu, Alcides Bulhões, outras audiências públicas deverão ser realizadas nos distritos para que seja encaminhado ao Ministério Público um apontamento dos principais aspectos que envolvem a questão. Participaram da audiência o presidente da Câmara Abdon Ché,os vereadores Francisco Alves, Renatinho do Morro,Paulinho,Ivan de Gerino, Balbino dos Santos, Cláudio Brito e Diego Meireles, bem como a procuradora municipal Jamile Monteiro e os secretários municipais Ricardo Palma, Fabiana Pacheco, Ingrid Batista e Edson Caporazzo.

IPAC completa mais de 3 mil m² de fachadas restauradas nos Largos do Pelourinho

Visita Técnica_ft_LucasRosário (13)
Mais de 3 mil m² de fachadas de casas já foram restauradas pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) nos Largos do Pelourinho (Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água), Centro Histórico de Salvador (CHS). “As obras estão em ritmo acelerado, pois temos que finalizá-las para a programação do Verão 2017/2018 no Pelourinho”, afirma o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Segundo ele, os largos recebem ainda reforma completa das instalações hidrossanitárias e elétricas, ganhando pisos de alta resistência, camarins e sanitários.

“Os pisos também estão em fase adiantada de recuperação, com 640 m² em concreto, 530 m² de granilite (preto e branco) de alta resistência, 133 m² em concreto lavado e 172 m² em pedras portuguesas”, relata João Carlos. Para acompanhar as etapas da obra, a Secretária de Cultura do Estado (SecultBa), Arany Santana, esteve na semana passada nos largos com João Carlos, acompanhados por arquitetos e engenheiros do órgão. Outra novidade que foi mostrada à secretária Arany, foram as novas coberturas para o Largo Tereza Batista, de policarbonato compacto transparente para a área do palco, e de policarbonato alveolar opaco para o trecho de pista.

ALTA QUALIDADE – Na restauração das frentes dos 50 casarões que circundam os Largos do Pelourinho o IPAC utilizou tintas de alta qualidade. “Vamos completar cerca de 3 mil m² de restauração e pinturas das fachadas com tintas de lata de alta qualidade”, diz o diretor de Projetos e Obras (Dipro) do IPAC, Felipe Musse. Ele lembra que na aplicação das cores nas paredes, foram feitos estudos de paleta para se chegar aos tons originais de cada imóvel. Outra novidade é uma nova subestação de energia que será implantada no Largo Pedro Archanjo. “É fundamental termos uma estrutura profissional nesses espaços que recebem dezenas de atividades e shows”, explica.

Outra inovação no Largo Pedro Archanjo será um amplo camarim. “Depois de entregue as obras de reforma, os artistas terão acesso ao novo camarim pela Rua Inácio Acciolly, direto dos seus veículos para o espaço, dando mais segurança e conforto aos músicos e cantores que chegam”, completa Musse. Ele comenta que a restauração das fachadas dos casarões também é importante para os shows. “Os casarões no entorno formam um belo e singular cenário arquitetônico”, finaliza. Recuperação e pinturas de portas e janelas são outros serviços já feitos. Alguns dos casarões chegam a ter quatro andares, o que obrigou à montagem de grandes andaimes para restaurar as fachadas.

HISTÓRIA – Localizados no centro de três quarteirões, os largos surgiram a partir dos quintais e ruínas do antigo casario durante a reforma do CHS na década de 1990. O IPAC é responsável também pela Praça das Artes, Praça Pastores da Noite e três estacionamentos (Largo Jubiabá, Rua Inácio Accioly e Praça das Artes). Os imóveis do IPAC representam apenas cerca de 1,5% da área tombada do CHS. O restante é propriedade de privados, órgãos municipais, estaduais e federais, além de congregações da Igreja Católica que detém prédios como o Cine Excelsior e dezenas de casas no Pelourinho.

ASSEMBLÉIA ELEGERÁ ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA FORTALEZA DO MORRO DE SÃO PAULO

Ass Fortaleza MSP