Monthly Archives: janeiro 2018

Governador Rui Costa diz sim às reivindicações de Fernando Brito para Morro de São Paulo e demais localidades

RC13
Durante visita ao Morro de São Paulo para inauguração da Fortaleza no último dia (20/01), o prefeito Fernando Brito reiterou ao governador Rui Costa a urgência da reforma total do terminal marítimo da localidade. No desembarque,o governador observou de perto os pontos apontados pelo gestor municipal e pediuao Secretário Estadual de Turismo, José Alves, que agilizasse na intermediação para encaminhamento do projeto da Prefeitura de Cairu aos responsáveis no Governo do Estado a fim de iniciar processo de revitalização total das pontes de embarque e desembarque do Morro de São Paulo e também da Gamboa.

Segundo o gestor de Cairu, os serviços de manutenção dos terminais serão objeto de uma licitação para contratação de empresa operadora que irá substituir o atual contrato emergencial temporário firmado com a empresa Dátolli. “Vamos encaminhar esse projeto e depois a empresa operadora ficará fazendo a manutenção para deixar sempre preservado”, destacou o prefeito.

“Esses terminais foram para gestão do município exatamente porque os usuários estavam insatisfeitos, pela falta de condições de atender a população e aos turistas. A Prefeitura retomou a operação há poucos meses e fez um projeto de recuperação completa dos dois terminais, que englobam a colocação de material mais resistente aos efeitos do salitre,bem como atentam para o conforto e acessibilidade dos passageiros. O Governador pôde visualizar de perto a situação e fizemos questão de mostrar a necessidade de um intervenção mais significativa para que a empresa que venha administrar possa fazer a manutenção com a receita tarifária de maneira viável. Após nossa articulação, Rui atendeu a nosso pedido e nos autorizou a elencar também os serviços que prevêem cobertura de proteção, adaptações de carrinhos de mãos, local de abrigo como mais comodidade para os guias e carregadores, colocação de corrimãos de alumínio, piers ampliados para aumentar a capacidade de atracamento das embarcações e modernização estética. Com a visita do Govenador, vamos tomar rapidamente as providências para deixar os terminais mais dignos do grande fluxo de passageiros que por ali passam todos os dias, em todas as épocas do ano”, comemorou o prefeito Fernando Brito.

Segurança Pública, Saneamento e Educação
RC2018
Outra boa notícia é a liberação de um delegado exclusivo para a Ilha de Tinharé, com posto da Polícia Civil sediado no Morro, além de ações já cumpridas como a presença do Corpo de Bombeiros nas, e em breve o início da capacitação de Brigada de Incêndio voltado para o trade turístico. Os gestores do Estado e do Município também trataram de outras questões importantes,como a ampliação nos serviços de esgotamento sanitário e de tratamento de água de Morro, Gamboa e Boipeba, bem como a construção de do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água de Garapuá.

Outra reivindicação do prefeito Fernando Brito será atendida nos próximos dias quando terá início a reforma completa do Colégio Estadual Cândido Meireles, na Sede, sob o comando da empresa contratada Caaba Engenharia.

“A cada visita do Governador, e em nossas peregrinações e encaminhamentos nos diversos setores do Governo do Estado, extraímos mais novidades para o nosso município e saímos satisfeitos com seu olhar atento ao povo de Cairu. Não é à toa que hoje Rui é cidadão cairuense, honraria concedida por unanimidade pelos vereadores cairuenses devido aos serviços que vem prestando a população. Mais ações Tamanho G vem por aí. Continuaremos solicitando o braço forte do Estado para nos ajudar a continuar realizando antigos sonhos em todas as ilhas de nosso arquipélago”, garante o prefeito Fernando Brito.

Fortaleza do Morro de São Paulo é restaurada

Por Claudia Lessa(A TARDE)

FORTALEZAMSPRESTAURADA
A Fortaleza de Morro de São Paulo foi entregue restaurada, neste sábado, pelo governador Rui Costa. Construída em 1630 para proteger o povoado das invasões na Baía de Todos-os-Santos e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 1938, o monumento é um concorrido atrativo da turística Morro de São Paulo, situada na Ilha de Tinharé, em Cairu. A obra, que teve um investimento total de R$ 14,4 milhões, foi iniciada com a recuperação estrutural da muralha e abrangeu o Portaló, o Corpo da Guarda, o Forte da Ponta e o caminho ao longo da muralha.

Com uma área de 2.335 m², o conjunto de baterias e fortes do local abriga, agora, exposição permanente, anfiteatro e área para eventos. Na solenidade de entrega da Fortaleza de Morro de São Paulo restaurada, o governado Rui Costa falou sobre o local: “Este patrimônio soma-se a toda uma história e está vinculado, assim como outros equipamentos na Bahia, à independência do país. É importante que a gente destaque esses equipamentos que, ao longo da existência e da consolidação do Brasil como nação, serviram como nossa defesa. E foi isto que fizemos aqui. E ainda vamos elaborar um plano de uso e gestão para que ele seja autossustentável, como acontece em outros lugares do mundo”, declarou Rui, que recebeu o título de Cidadão de Cairu.

Rui recebe título de Cidadão Cairuense em entrega de restauração de forte de Morro

Rui Cairu

O governador Rui Costa recebeu neste sábado (20) o título de Cidadão Cairuense, honraria concedida pelos vereadores de Cairu. Na ocasião, Rui apresentou à população o resultado das obras de restauração da Fortaleza de Morro de São Paulo, construída em 1630 para proteger o povoado da Ilha de Tanharé de invasões. O monumento foi tombado em 1938 pelo Instituto do Patrimônio Hitórico e Artístico Nacional (Iphan). “Esse patrimônio soma-se a toda uma história e está vinculado, assim como outros equipamentos na Bahia, à independência do país. É importante que a gente destaque esses equipamentos, que, ao longo da existência e da consolidação do Brasil como nação, serviram como nossa defesa. E foi isso que fizemos aqui na Fortaleza de Morro de São Paulo. E ainda vamos elaborar um plano de uso e gestão, para que ele seja auto-sustentável, como acontece em outros lugares do mundo”, disse o governador. A restauração custou R$ 14,4 milhões em etapas que incluíram recuperação estrutural da muralha, o Portaló, o Corpo da Guarda, o Forte da Ponta e o caminho ao longo da muralha. O forte, que possui 2.335 m², abriga uma exposição permanente, anfiteatro e uma área para eventos.

Rui Costa receberá título de Cidadão de Cairu neste sábado

Governador da Bahia também participará de uma solenidade de entrega da restauração da Fortaleza de Morro de São Paulo na cidade
07-06-17_governo_1

O governador Rui Costa (PT) receberá, neste sábado (20), o título de Cidadão de Cairu, cidade que fica no sul baiano.

No mesmo dia, o chefe do Palácio de Ondina também participará de uma solenidade de entrega da restauração da Fortaleza de Morro de São Paulo, em Cairu.

Atrativo turístico da Costa do Dendê, o monumento, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), será entregue à comunidade após a restauração, que custou R$ 14,4 milhões.

CAIRU SEM FEBRE AMARELA

26904173_1671708102851680_6057041648880051563_n

Ex-prefeito de Valença, empresário é sequestrado na Bahia

maxresdefault
Ele foi levado por três homens na manhã desta quinta-feira (18)

O fundador das Lojas Guaibim e ex-prefeito da cidade de Valença, Ramiro Campelo, foi alvo de um sequestro na manhã desta quinta-feira (18), no município de Valença, no baixo Sul da Bahia. O empresário foi levado por três homens quando saía de casa.

De acordo com o coordenador José Raimundo Neri Pinto, da 5ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin), os bandidos estavam em um veículo HB20 branco. “A gente ficou sabendo que ele [Rarimo] foi levado por volta das 7h”, disse ele.

A polícia diz que ainda não há informações sobre possíveis negociações. O coordenador também confirmou que há 20 anos o filho do ex-prefeito, Márcio Queiroz, também foi sequestrado na cidade.

O empresário, conhecido como Tio Ramiro, foi prefeito de Valença duas vezes pelo Partido da República (PR).

Fortaleza do Morro de São Paulo será reaberta no próximo sábado

Além de nova atração turística, local receberá eventos como casamentos
csm_fortaleza_do_morro_de_sao_paulo_reformada_foto_setur_divulgacao_66be15f1c7
O balneário turístico de Morro de São Paulo, na cidade de Cairu, Baixo Sul baiano, ganhará no próximo sábado (20) um novo espaço cultural que deve se converter num novo atrativo turístico para a localidade. Trata-se da Fortaleza do Morro de São Paulo, que será reinaugurada e, dessa vez, estará aberta ao público. A ideia é que o espaço funcione como museu e passe a receber exposições artísticas, espetáculos teatrais e eventos diversos.

Para garantir que o local seja utilizado de uma forma sustentável, um Comitê de Governança da Fortaleza do Morro de São Paulo foi insaturado com a participação de representantes da sociedade civil, trade turístico, além de órgãos públicos como o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Secretaria de Patrimônio da União (SPU), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), Secretaria Estadual de Turismo, Sebrae, Prefeitura de Cairu, dentre outros. O grupo vai implementar um Plano de Gestão Participativo, que buscará garantir a sustentabilidade no uso do monumento.

O forte foi restaurado com recursos da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, com investimento de R$ 14 milhões.

Os 600 metros de ruínas foram restaurados com supervisão do Iphan. A inauguração da Fortaleza, às 9h de sábado, contará com a presença da presidente do Iphan, Kátia Bogéa, do governador do Estado, Rui Costa, do prefeito de Cairu, Fernando Antônio dos Santos Brito, entre outras autoridades.
fortaleza_do_morro_de_sao_paulo_3_reformada_foto_setur_divulgacao
Espaço turístico
O forte poderá impulsionar ainda mais Morro de São Paulo como destino turístico. É o que acredita o secretário estadual do Turismo, José Alves. De acordo com ele, atualmente Morro recebe 300 mil turistas por ano e é o terceiro destino mais procurado da Bahia, e um dos 10 mais do Nordeste. O forte, segundo ele, poderá impulsionar a atração de turistas para períodos de baixa e média estações, com a realização de eventos como casamentos e festas.

“O local também servirá para a realização de eventos, que irá impulsionar esse mercado em Morro. A capacidade é de até 500 pessoas ao ar livre, além das salas individuais que são climatizadas. É basicamente um pequeno Centro de Convenções. Além dos eventos de música e teatro, o forte poderá atrair quem quiser realizar cerimônias como casamentos”, citou o secretário.

Para impulsionar a visitação, o espaço será utilizado também para comercialização de produtos locais, como artesanato e culinária. Um núcleo receptivo turístico e um núcleo de apoio aos visitantes também serão montados na entrada do monumento. O forte foi tombado pelo Iphan em 1938 por conta de sua importância arquitetônica e histórica. Ele foi utilizado na época da segunda invasão holandesa, no século 17, e também foi usado nas lutas pela Independência do Brasil, no século 19.

Comércio precisará se adaptar às datas

Além das eleições e da Copa do Mundo, que poderão causar um turbilhão na economia, o ano de 2018 vem com um número excessivo de feriados. Das 11 datas comemorativas, cinco cairão em terças e quintas-feiras, no chamado feriadão prolongado. Cinco são celebradas na segunda ou sexta-feira e uma cai no sábado. Em Tubarão, o feriado municipal em 15 de setembro também cai no sábado. Há ainda cinco dias de ponto facultativo, como no Carnaval.

Para o comércio, não há como dizer que as perdas não acontecem. Os feriados fatalmente atingem o comércio no volume de vendas, mas é preciso dar a volta nesta situação.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão, Harrison Marcon Cachoeira, o comércio precisa se adaptar aos feriados. “Precisamos nos reinventar e trabalhar muito para recuperar as eventuais perdas que possam ser acarretadas pelo excesso de feriados”, ressalta.
Harrison avalia que 2018 será um ano turbulento não apenas pelo excessivo número de feriados, mas também pelo tumulto que a Copa do Mundo e as eleições também poderão causar. Mas ele garante que o comércio de Tubarão, que sempre vem em volume de vendas acima da média estadual, vai saber lidar com estas situações.
CCVALENÇA
Para Ivan Tauffer, presidente da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC) – entidade que representa mais de 43 mil associados em todo o Estado –, não abrir as portas em datas próximas às de pagamento dos salários pode significar perda de oportunidade de vendas. “O consumidor está retomando o otimismo e em 2018 teremos muitos feriados próximos aos dias considerados de maior fluxo nas lojas. Os segmentos de vestuário, calçados e de móveis – mais procurados – certamente serão os que mais devem sentir o impacto”, avalia.

Assim como há os feriados, o comércio de Tubarão também mantém alguns horários especiais em datas comemorativas, e ainda ocorrem as edições do Dia D, com o comércio aberto um sábado ao mês até as 17h.

Bares e restaurantes

Para os empresários do setor de bares e restaurantes, no entanto, as oportunidades são boas, como lembra Raphael Dabdab, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina (Abrasel). “Serão cerca de dez datas especiais que deverão aumentar o fluxo de clientes nos estabelecimentos. Além dos feriados, teremos a Copa do Mundo e as eleições, que também, historicamente, geram um impacto positivo”, sinaliza.
Com informações do Diário do Sul

Fátima Bernardes faz ‘curso de selfie’ com filha durante férias

De folga do programa Encontro, a apresentadora viajou para Jericoacoara, no Ceará, ao lado do namorado Túlio e dos trigêmeos

FBernades
A apresentadora Fátima Bernardes curte seus dias de folga do programa Encontro, da TV Globo, ao lado do namorado Túlio Gadelha e dos trigêmeos, em Jericoacoara, no litoral do Ceará. Nesta quarta-feira (17), a global confessou fazer um “curso de selfie” com a sua filha Bia.

“Fazendo curso de selfie com @biabonemer. Sabe muito”, escreveu Fátima, na legenda de uma publicação compartilhada em seu perfil no Instagram.

Febre amarela: 2,6 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar na Bahia

Cerca de 2,6 milhões de pessoas ainda precisam ser vacinadas na Bahia para o estado cumprir a meta de imunizar 95% da população de 105 municípios baianos. De acordo com levantamento feito pelo jornal Correio junto à Secretaria da Saúde do Estado, metade delas está em Salvador, que ainda precisa vacinar aproximadamente 50,7% da população, o equivalente a 1,338 milhão de pessoas. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aponta que tem doses suficientes para atender todo o público. Entre as 105 cidades baianas que precisam cumprir a cobertura de 95%, estipulada pelo Ministério da Saúde, apenas 11 já alcançaram o índice. Os dados da Sesab levam em conta imunizações dos últimos dez anos. No entanto, não há previsão de punição para os estados e municípios que não alcançarem a meta. Ainda segundo dados divulgados pelo Correio nesta quinta-feira (18), o município de São Miguel das Matas registra o pior índice de imunização, com apenas 27,5% da população vacinada contra febre amarela. A secretaria de Saúde do município alega que os dados da Sesab estão desatualizados. Na outra ponta da lista, Jaborandi tem 122,5% da população imunizada. O “excedente” de 22,5% corresponde à vacinação de turistas e moradores de municípios vizinhos.
FA