Monthly Archives: fevereiro 2018

Ubaitaba realiza Jornada Pedagógica com o tema Profissionalismo e Relações Interpessoais

unnamed
O Profissionalismo e Relações Interpessoais no Ambiente Escolar tem sido o debate central da Jornada Pedagógica de Ubaitaba, realizado pela secretaria municipal através de Secretaria de Educação.

O evento que teve início na noite desta quarta-feira, 21, segue até esta sexta-feira, 22. Na abertura, a palestrante Michele Oliveira da Silva Araújo, psicopedagoga, abordou o tema central da jornada enfatizando a importância dos relacionamentos de trabalho para o processo ensino aprendizagem.

Durante esta quinta-feira, 22, aconteceu nas unidades escolares discussões e debates a respeito da temática: O Ato de aprender: Como o sujeito aprende? E no último dia, na sexta-feira, 23, acontecerá o planejamento pedagógico da semana de avaliação diagnóstica.
unnamed1
Homenagem

Na oportunidade, a secretária de Educação, Roberta Carneiro, homenageou 04 professoras aposentadas e que tem relevantes serviços prestados a Ubaitaba. A professora Neuza Moreno, Maria das Candeias, Ana Duarte e a professora Conceição.

Alto Falante

O humorista e ator teatral, Lucas Oliveira, apresentou a peça Auto-Falante na abertura do evento e foi um momento de muita descontração. (Ascom/Ubaitaba)

unnamed2

Juízes federais ameaçam greve por auxílio-moradia, diz coluna

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármem Lúcia, marcou o julgamento que pode acabar com o auxílio-moradia para juízes para o dia 22 de março, o que teria provocado insatisfação entre os magistrados.

De acordo com informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, cerca de 100 juízes federais iniciaram movimento para convencer colegas a iniciar uma paralisação.

Segundo a publicação, o grupo acusa Cármen Lúcia de ter sido seletiva ao focar apenas na Justiça Federal e ignorar os auxílios concedidos nos tribunais estaduais.
CL

Claudia Rodrigues é internada com problemas por esclerose múltipla

A atriz começou, nesta quarta-feira (21), a sentir falhas na audição e na visão, falou coisas desconexas e, por isso, precisou ser hospitalizada

claudia-rodrigues-grava-mensagem-e-tranquiliza-fas-1511570560769_v2_1198x1196
Claudia Rodrigues voltou a ser internada nesta quarta-feira (21) após apresentar complicações por esclerose múltipla. De acordo com o “Uol”, a atriz, de 46 anos, começou a sentir falhas na audição e na visão, falou coisas desconexas e, por isso, precisou ser hospitalizada. Ela luta contra esta doença desde o ano 2000.

Em junho do ano passado, Claudia havia sido internada para fazer um tratamento de reabilitação das células-tronco que recebeu por conta da doença. Ela voltou a ser internada em novembro, quando ficou 10 dias no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, devido a uma infecção no olho provocada pela herpes-zóster, o vírus da catapora.

Claudia Rodrigues iniciou a sua carreira artística na Globo trabalhando em “Caça Talentos”, ao lado de Angélica. Em seguida, passou por “Sai de Baixo”, “Escolinha do Professor Raimundo” e “Zorra Total”.

Em alta na emissora, ganhou o seu próprio seriado, “A Diarista”, entre 2004 e 2007. O seu último trabalho foi o próprio “Zorra Total”, onde estava desde 2011.
Com informações do Bahia.Ba

Que tal pagar o IPTU com redução? Fique atento às condições!

IPTU CAIRU

Castro Alves: Festival do Poeta terá shows de Ed Motta, Diogo Nogueira e Toni Garrido

A cidade de Castro Alves, no Recôncavo baiano, receberá uma programação musical variada para animar o Festival do Poeta 2018, que este ano tem como tema “O Encontro das Artes”, e acontece entre os dias 14 e 17 de março, na Praça da Liberdade. Dentre os artistas anunciados pela secretaria municipal de Cultura, nesta segunda-feira (19), estão Diogo Nogueira, Ed Motta, Toni Garrido, Mariene de Castro, Luiz Caldas, Geônimo, Carlinhos Brown, Margareth Menezes e Alinne Rosa.
tonig

Municípios baianos recebem repasse extra de R$186 milhões

IMAGEM_NOTICIA_5
Um auxílio de R$ 186 milhões para os municípios baianos foi aprovado nesta terça-feira (20) pelo Congresso Nacional. A quantia foi reivindicada pelos prefeitos baianos em mobilizações desde novembro passado. O crédito – no valor total de R$ 2 bilhões para todo os municípios do país – vem da Medida Provisória 815/2017 que autoriza a União a transferir recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), em 2018, destinado à superação de dificuldades financeiras emergenciais. A sessão que autorizou o repasse para as cidades foi acompanhada em Brasília pelo presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro. Segundo o também prefeito de Bom Jesus da Lapa, no oeste, a expectativa dos gestores é usar os recursos para driblar a crise nos municípios. “Sentimos o fato deste apoio não ter chegado antes. Desde 2017 – um ano que foi dificílimo para os municípios – tínhamos a promessa desse recurso para ajudar a fechar as contas de final de ano, mas só agora se concretizou. É tardio, mas ajudará as administrações municipais a regularizarem algumas demandas em atraso”, disse Ribeiro. O presidente da UPB disse que o Movimento Municipalista continua mobilizado por mais recursos para os 417 municípios baianos. A promessa de repasse feita pelo governo federal perdurou até o último dia útil do ano, quando o presidente Temer emitiu decreto para efetuar o repasse somente no ano seguinte, vinculando a aplicação em saúde e educação. A atitude decepcionou os prefeitos brasileiros e prejudicou as prefeituras no cumprimento dos índices previstos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Prefeito Fernando Brito e Secretário Jaques Wagner tratam sobre revitalizações das culturas da piaçava e do dendê

28056381_1707176359304854_6684766218220521887_n

28058646_1707176409304849_3623273054216492312_n
Buscando discutir investimentos para o Município de Cairu, nas áreas de Turismo e Agricultura, principais pilares da economia cairuense, o prefeito Fernando Brito esteve reunido nesta terça-feira (20/02) com Jaques Wagner, secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia. O encontro teve como enfoque a revitalização da cultura da piaçava e do dendê, através de diversas ações, entre elas a realização em Cairu do I Seminário de Desenvolvimento Econômico da Piaçava em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural.

O prefeito Fernando Brito mostrou – se satisfeito com os encaminhamentos da reunião e enfatizou a necessidade de fortalecimento da cadeia produtiva tanto da piaçava como do dendê. ” Somos um município privilegiado, produtor em larga escala,mas toda essa fonte de riqueza ainda não foi traduzida em melhoria da qualidade de vida dos produtores, e esse é um grande desafio para nós, que desejamos agregar valor a esta cadeia produtiva. Esperamos junto com o Governador do Estado implementar ações neste sentido”, frisou Brito.

Também participaram da reunião o superintendente de Agricultura do município Lázaro Miranda e o Subprocurador Alcides Bulhões.
28277095_1707176472638176_2447227685249336060_n

Selecionados no Prouni têm até sexta para comprovar dados

A confirmação das informações é requisito para garantir a vaga

untitled
Termina nessa sexta-feira (23) o prazo para comprovação dos dados dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas para estudantes. A confirmação das informações é requisito para garantir a vaga e deve ser feita na universidade onde o candidato vai estudar.

Os dados que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro e à renda, tanto do candidato quanto de seu grupo familiar e prova de residência, entre outros. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos devem ficar atentos e se informar nas instituições de ensino sobre os documentos, pois informações complementares poderão ser solicitadas.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nessa edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais, em todo o país.

De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos. Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

O processo seletivo do ProUni é composto por duas chamadas sucessivas. A segunda chamada está prevista para 2 de março. No mesmo dia tem início o prazo para comprovação de informações da segunda chamada, que vai até 9 de março. Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.

Câmara aprova intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro

A Câmara dos Deputados aprovou, por 340 votos a 72, o decreto legislativo que autoriza a intervenção federal na área de segurança pública do estado do Rio de Janeiro. Após mais de seis horas de discussões e táticas de obstrução pelos contrários à medida, os deputados acataram o parecer da deputada Laura Carneiro (MDB-RJ) favorável à medida, anunciada pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (16).
Plenário-votará-nesta-quarta-feira-destaques-que-podem-alterar-pontos-do-projeto-Foto-Luis-MacedoCâmara-dos-Deputados
Nesta terça-feira (20), o Senado deve realizar, às 18h, uma sessão extraordinária destinada a votar o decreto. Caso o texto que estipula a intervenção seja aprovado pela maioria simples dos senadores presentes, o Congresso Nacional poderá publicar o decreto legislativo referendando a decisão de Temer de intervir no Rio de Janeiro.

A sessão durou mais do que o comum para uma segunda-feira e adentrou a madrugada desta terça-feira, em um dia em que os parlamentares ainda estão, normalmente, retornando de seus estados. Ao longo das discussões, quatro requerimentos foram apreciados pelos deputados por meio de votação nominal, o que significa que eles tiveram que votar no painel eletrônico, e não de modo simbólico. Após orientações dos líderes, os três pedidos de adiamento da votação foram rejeitados pela maioria dos parlamentares. Já o requerimento para encerramento das discussões foi aprovado por 328 votos a 7, mesmo com a obstrução dos oposicionistas, que não deram quórum neste momento.

Ao abrir a sessão, por volta das 20h, o presidente da Câmara (DEM), Rodrigo Maia, que é deputado pelo Rio de Janeiro, fez um apelo aos colegas para que aprovassem a medida.

Durante as votações, deputados favoráveis e contrários à medida se revezaram na tribuna. Para o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), a votação precisava ser adiada para que o governo dissesse de onde viriam os recursos para que a intervenção entre efetivamente em ação. “É o momento importante para se fazer um balanço jamais feito das 29 operações de Garantia da Lei e da Ordem ocorridas no país desde 2010. Alguém tem um relatório da eficácia disso?”, questionou o parlamentar.

Já para o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), a intervenção federal é prevista constitucionalmente e cabe ao Congresso Nacional aprovar ou não a iniciativa do Poder Executivo. “Lamento que alguns partidos prefiram fazer o discurso hipócrita e de enganação ao povo do meu estado, que já não aguenta mais insegurança em todos os lugares. Nós precisamos urgentemente, no Rio de Janeiro, que a Constituição seja cumprida. Intervenção federal já. E hoje vocês decidem: andar com os bandidos do PCC, do Comando Vermelho e do Terceiro e por aí, ou [aprovarem o decreto]”, defendeu.

Fique ligado no que PODE e no que NÃO PODE ser direcionado à rede de esgoto

28055969_1705702806118876_1346467417525743831_n