Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

Mais Cultura no Bairro da Bolivia

Aulas pensadas para trabalhar a Saúde. Desde a adolescência até a terceira idade. More »

Blitz Educativa

“Proteja-se! Use o cinto de segurança” More »

ESCOLA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Comunidade Quilombola com melhor educação. More »

 

Comediante engana a Casa Branca, se passa por senador e conversa com Trump

O comediante John Melendez ligou para a Casa Branca, fingiu ser Robert Menendez, senador democrata de Nova Jersey, e conversou com Donald Trump sobre imigração e justiça.

221b362f36d4aa5f0ceddac2ca31c187-783x450

Nem a Casa Branca nem o próprio senador comentaram publicamente a situação, mas a voz que se ouve na gravação, transmitida no podcast do comediante, é muito semelhante à de Donald Trump.

Segundo Melendez, bastou uma hora e meia para conseguir enganar a Casa Branca e falar com Trump. O comediante ligou fingindo ser um assessor do senador e pediu para entrar em contato com o presidente dos Estados Unidos.

Alguns minutos depois, o comediante recebeu uma ligação do assessor e genro de Trump, Jared Kushner, que passou a chamada ao presidente. Ambos aparentavam estar a bordo do Air Force One, adianta o Público.

“Olá, Bob. Como está? Parabéns por tudo, estamos muito orgulhosos de você“, foi assim que Donald Trump iniciou a conversa com o suposto senador, referindo-se a um caso de corrupção contra o democrata, do qual foi absolvido no ano passado. “Passou por uma situação dura e penso que não foi muito justa, mas parabéns”, continuou.

A conversa decorreu normalmente, até que tomou o rumo da imigração e das centenas de famílias separadas na fronteira com o México. Sobre o assunto, Trump garantiu que a resolução do problema é sua principal prioridade no momento.

Anthony Kennedy também foi assunto durante a conversa telefônica, com Donald Trump afirmando que irá escolher um substituto para o ex-juiz do Supremo nos próximos “dez ou 14 dias”.

À CNN, o comediante admitiu ter alterado sua voz “para uma pronúncia inglesa”. “Eu simplesmente não acreditei que foi preciso uma hora e meia para termos Jared Kushner e Donald Trump ao telefone no Air Force One”, confessa Melendez.

Ainda assim, o comediante admite que não era muito difícil descobrir que tudo não passava de uma mentira. “Tudo o que precisavam fazer era me perguntar de que partido é o senador Menendez, ou de que estado é, e eu não saberia responder.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>