Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

Mais Cultura no Bairro da Bolivia

Aulas pensadas para trabalhar a Saúde. Desde a adolescência até a terceira idade. More »

Blitz Educativa

“Proteja-se! Use o cinto de segurança” More »

ESCOLA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Comunidade Quilombola com melhor educação. More »

 

OAB – Valença participa do Colegiado de Presidentes

3

O presidente da OAB – Subseção Valença, Alcides Bulhões, esteve presente no 2° Colégio de Presidentes da OAB-BA, realizado na sexta-feira (10), no Hotel Sotero. Na oportunidade, os representantes das 36 subseções do interior, juntamente com a Diretoria Seccional, expressaram preocupação com a valorização do Ensino Jurídico e a defesa do Exame da Ordem, na pauta do encontro também estiveram a gestão corporativa e anuidade zero, diagnóstico da última correição do Tribunal de Ética da OAB – BA, regras de gestão do sistema OAB – provimento n°185/2018 e o atendimento dos advogados pelos juízes.

Além de endossar a preocupação com o projeto de lei que propõe o fim do Exame da Ordem, o presidente da Subseção Valença reivindicou a criação de uma tabela de honorários mais justa, uma vez que a atual encontra-se fora dos parâmetros de mercado. De acordo com decisão do Colégio, será criada uma comissão especial visando a fixação de critérios mais justos para os valores de honorários, para que assim, de fato, seja possível que haja cumprimento integral da tabela vinculativa e impeça que os contratantes ofereçam honorários que afetem a dignidade da classe.

O presidente da OAB – Valença abordou ainda a necessidade de melhoria do repasse para as subseções. “Realizaremos no próximo mês o XIX Forró da OAB – Valença, desde já gostaria de convidar a todos, hoje essa é a principal fonte de renda da nossa subseção. Dependemos deste recurso para manutenção de todos os outros projetos. Acredito que assim como Valença, outras subseções sofrem com o mesmo problema. Por isso, é preciso um olhar mais sensível da Seccional para essa questão, implementando o repasse realizado para que as subseções tenham condições efetivas de trabalhar pela Advocacia no interior, em que pese compartilhe da responsabilidade em solucionar o alto percentual de inadimplência dos colegas em suas anuidades “, ressaltou Alcides Bulhões.

Fonte: ASCOM/OAB-VALENÇA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>