Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

Mais Cultura no Bairro da Bolivia

Aulas pensadas para trabalhar a Saúde. Desde a adolescência até a terceira idade. More »

Blitz Educativa

“Proteja-se! Use o cinto de segurança” More »

ESCOLA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Comunidade Quilombola com melhor educação. More »

 

Dilma diz que em abril Mais Médicos beneficiará 46 milhões de pessoas no país

Com projeção de ter em abril um total de 13.235 médicos em atuação em 4.040 cidades, a presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (31) que o Programa Mais Médicos vai beneficiar 46 milhões de pessoas. Hoje, segundo a presidente, o programa já beneficia 33 milhões no país, seja em periferias de grandes e médias cidades, seja em municípios do interior. Durante o programa semanal “Café com a Presidenta”, Dilma contabilizou 9.490 profissionais já em atividade em 3.025 municípios e 31 distritos indígenas. No quarto mês do ano, a presidente espera atender toda a demanda das cidades. “Agora em abril estão chegando mais 3.745 médicos. Aí, nós estaremos atendendo 100% do que foi pedido pelos municípios quando iniciamos o Programa Mais Médicos”, disse. Segundo ela, não haverá local desassistido no país. “Não teremos mais aquela situação, que é inaceitável, de municípios sem nenhum médico. Deixará de ser comum aquilo que ocorria em vários municípios, de só ter médico no posto um ou dois dias da semana, ou até, imagine só, um ou dois dias por mês. Serão, a partir de abril, cerca de 46 milhões de pessoas mais bem atendidas e com médicos perto das casas.” Informações da Agência Brasil.  Dilma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>