Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

DIA DAS MÃES

Mãe: palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Feliz Dia das Mães! More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

 

Hemodiálise é interrompida e Pelé continua evoluindo bem

Em boletim médico divulgado na manhã deste domingo pelo Hospital Albert Einstein, a hemodiálise que Pelé vinha fazendo foi suspensa até segunda-feira (1º/12). Amanhã, o ex-jogador passará por uma reavaliação para determinar se há ou não necessidade de retomar este procedimento.

Ainda de acordo com o boletim, Pelé “continua sob cuidados na unidade de terapia intensiva. Está lúcido e estável.”

As informações divulgadas pelo hospital comprovam que Pelé vem reagindo bem ao tratamento. Ele está lúcido e conversando com as pessoas próximas. Dessa forma, aumenta a expectativa de que o ex-jogador deixe a UTI.

O ex-jogador encontra-se internado desde a última segunda-feira, em virtude de uma infecção urinária surgida após uma operação para retirada de pedras no rim.

Na última quinta, Pelé foi transferido para UTI do Albert Einstein, onde passou a fazer hemodiálise, que se fez necessária pelo agravamento da infecção, que comprometeu o rim do atleta e gerou instabilidade em seu estado clínico.

Já no dia seguinte, porém, Pelé reagiu bem ao tratamento com antibióticos, e a infecção, que corria o risco de se tornar generalizada, começou a ceder.

Na tarde de sábado, o ex-jogador recebeu a visita do filho Edinho, que afirmou que Pelé “está louco para ir para casa”. Fiquei muito feliz em vê-lo bem. Ele está tomando medicação, mas está muito bem disposto. Foi um encontro entre pai e filho. Ele tem conversado bastante com os médicos, mas ainda não há uma previsão de alta. Essa avaliação é feita a dia a dia”, disse Edinho.

Mudança de quadro

A infecção urinária que acometeu o ex-jogador estava ameaçando se alastrar por outras partes de seu corpo até a última quinta-feira. No início do tratamento com antibióticos, no último dia 24, os medicamentos não tiveram o efeito esperado, o que levou ao quadro de instabilidade descrito nos primeiros boletins médicos divulgados pelo hospital, além de uma piora nas funções renais, o que fez com que Pelé tivesse que passar por hemodiálise, procedimento que vem sendo realizado na UTI.

Os médicos, então, passaram a ministrar antibióticos mais fortes, o que, segundo o UOL Esporte apurou, deu resultado. Isso não quer dizer, porém, que Pelé já está curado. Ele permanecerá no hospital por, pelo menos, mais quatro dias, dando continuidade ao tratamento com antibióticos para debelar de vez a infecção renal.Pelé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>