Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

Mais Cultura no Bairro da Bolivia

Aulas pensadas para trabalhar a Saúde. Desde a adolescência até a terceira idade. More »

Blitz Educativa

“Proteja-se! Use o cinto de segurança” More »

ESCOLA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Comunidade Quilombola com melhor educação. More »

 

Hospitais e UPAs notificam mais 7 novos casos de doença misteriosa

Outros sete casos da doença desconhecida (clique aqui) que causa dores musculares fortes e urina escura foram notificados à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), além dos 11 já conhecidos desde a última semana, totalizando 18 casos. Segundo informações do jornal Correio, o balanço foi divulgado na noite deste sábado (17), após coleta de dados em hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Dezesseis dos casos foram registrados em Salvador, mas também foram registrados casos em Valença, no Baixo Sul baiano. Entre os sintomas está a dor muscular súbita sem causa aparente, além da alteração nos níveis de CPK, enzima intracelular de tecidos que se contraem, como músculos.

images

Um roteiro de investigação que começará a ser aplicado nesta segunda-feira (19) está sendo preparado pela SMS, Fundação Osvaldo Cruz, e pelo médico infectologista Antônio Bandeira, que trata parte das ocorrências do surto. Uma das suspeitas é que os sintomas estejam relacionados com o consumo do peixe olho de boi – parte dos pacientes relataram, em comum, ter comido o peixe, também conhecido como arabaiana (entenda). Após ser divulgado que uma família que mnanifestou os sintomas se alimentou com olho de boi, em Guarajuba, no litoral norte do estado, pescadores da localidade denunciaram que os vendedores dos produtos acondicionam a mercadoria em água e formol (saiba mais). Os casos vem sendo relatados, por enquanto, como “surto de mialgia aguda a esclarecer”. Nesta sexta, a Secretaria de Saúde do Estado emitiu um alerta epidemiológico que orienta um tratamento para uma hipótese possível de que os episódios sejam da Doença de Bornholm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>