Coleta e troca do óleo de cozinha

Bom para você melhor para o meio ambiente. More »

Violência Contra Mulher

O orgulho não foi feito para o homem, nem a ira violenta para os nascidos de mulher. (Eclesiástico 10,18) More »

Mais Cultura no Bairro da Bolivia

Aulas pensadas para trabalhar a Saúde. Desde a adolescência até a terceira idade. More »

Blitz Educativa

“Proteja-se! Use o cinto de segurança” More »

ESCOLA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Comunidade Quilombola com melhor educação. More »

 

Espetáculo “Em Ponta de Faca” chega à Valença

34415032_2273271859353854_2104698695625736192_n
O Centro de Cultura Olivia Barradas (CCOB), em Valença (BA), receberá no dia 09/06 (sábado), a “Reforma Cia de Dança” que promove a apresentação do espetáculo “Em Ponta de Faca” e uma oficina de dança contemporânea com o diretor da Cia, Guego Anunciação, intitulada “Corpo Enérgico”. A oficina tem duração de uma hora e trinta minutos (1h 30 min), começando às 14 horas, com inscrição no local trinta minutos antes de iniciar. O espetáculo está marcado para 20 horas. Ambas as ações são gratuitas!

Este projeto tem apoio financeiro do Governo da Bahia, através do Fundo de Cultura da Fundação Cultural do Estado da Bahia – Funceb, juntamente com a Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

{{{ SERVIÇOS }}}
14h | Oficina de Dança Contemporânea “Corpo Enérgico”, com Guego Anunciação.
20h | Apresentação do espetáculo “Em Ponta de Faca”, da Reforma Cia de Dança.

Acompanhe as mídias sociais da Companhia para conhecer um pouco mais dessa produção cultural que percorrerá o interior da Bahia.
Facebook: fb.com/ReformaCiaDeDanca
Instagram: instagram.com/ciareforma
34610568_2273271836020523_7536277203307200512_n
Sobre a oficina “Corpo Enérgico”

A energia flui, o todo é um constante fluxo de energia. O Universo é apenas movimento. O corpo também é um constante fluxo de energia e essa energia deve circular livremente. Um trabalho atento as maneiras de fincar dos pés, atento as interferências do corpo no ambiente e vice-versa, baseado nos conceitos de tempo, lei e acaso da Metafísica Peirceana, sendo proposto para artistas do movimento: bailarinos, atores e circenses. Os objetivos são estabelecer conexões entre técnica de chão, dança moderna e teatro físico, possibilitando materiais para os sujeitos praticantes a fim de construir novos repertórios para a cena contemporânea de dança.

Sobre a apresentação “Em Ponta de Faca”

O espetáculo se baseia na metáfora ”Murro em ponta de faca”, e apresenta uma coreografia de risco, que percorre na tentativa de solucionar algo que está acima das nossas forças, resistindo naquilo que se tem quase a certeza de que não vai mudar. A teimosia, a dor e a resistência refletem durante a obra coreográfica, onde os bailarinos agem no singular e no plural, dialogando e tentando romper com o tempo, persistindo (e duplicando) nas problemáticas que aparecem ao longo da obra. Um campo minado, um ringue, um caos, uma asfixia. Persistência ou insistência?
34671494_2273272356020471_3600357426517245952_o
Ficha Técnica

Direção e Coreografia: Guego Anunciação
Assistentes de Coreografia: Tariana Oliveira e Igor Couto
Ensaiadoras: Lais Oliveira e Michele Gonçalves
Bailarinos(as): Bruno Novais, Claudiana Honório, Igor Couto, Jadson Lopes, Kathleen Evelyn, Lais Oliveira, Michele Gonçalves, Pri Barreto, Sebastião Abreu, Talita Gomes, Tariana Oliveira, Uz Cavalcante, Vinicius Rivolti.
Concepção de Figurino: Carol Diniz
Concepção de Luz: Natan Lemos
Produção: Paola Vasquez
Assistente de Produção: Susi Anunciação
Assessoria de Imprensa: Caíque Melo

Sobre a “Reforma Cia de Dança”
Criada em 2012 por Guego Anunciação, a Reforma Cia de Dança é uma companhia de dança contemporânea, residente no Centro Cultural Plataforma, em Salvador. A companhia surge com o objetivo de agregar jovens bailarinos soteropolitanos, possibilitando-os a vivência de diversos processos coreográficos e ao mercado da dança, dentro da mesma.
34779034_2273272336020473_4550574281687302144_n

Programa de Aquisição de Alimentos apresenta proposta para efetivação da feirinha

WhatsApp Image 2018-06-04 at 12.46.07

WhatsApp Image 2018-06-04 at 12.46.10

A prefeitura Municipal de Valença, através da Secretaria da Promoção Social – SEMPROS reuniu-se na manhã da última sexta-feira (25/05), com a Central das Associações (CAAF) e associados na Central de Abastecimento do Programa de Aquisição de Alimentos PAA. A reunião teve como objetivo definir a agenda para a abertura da feirinha, sanar as dúvidas dos agricultores associados e dar boas-vindas aos que ali estavam e irão comercializar.

A feira acontecerá nesta terça- feira, no espaço do PAA, das 07h às 12h. Na oportunidade as associações juntamente com a secretaria da Promoção Social definiram a data de abertura para o dia 04/05 (terça-feira).
Presente no encontro a secretária da Promoção Social, Margarete Portugal Moura, ressaltou a importância dessa feirinha para a agricultura familiar no município e o quanto ela beneficiara os agricultores de forma a proporcionar uma renda extra. Ressaltou ainda que almeja ampliar a feirinha para os bairros e que está à disposição para apoiar o projeto de forma constante.

Desde o ano de 2017 o projeto para organização de uma feirinha já havia sido pensado e feitas reuniões com os agricultores e a central de associações onde a proposta foi lançada. Estabelecendo essa parceria com a CAAF ficou definido que os agricultores que participarão da feirinha serão escolhidos dentro das próprias associações filiadas e ainda por associações que são indicadas pela prefeitura, mas não são filiadas. Segundo, Jonne Junior, coordenador do PAA, as associações podem ser filiadas ou não filiadas, mas devem obedecer a porcentagem de igualdade de 50% entre prefeitura, através da promoção social e CAAF.

Inicialmente a feirinha contará com 13 barracas que pertencem a CAAF e foram cedidas pelo Governo do Estado. Movimentar a agricultura familiar do município, energizar a economia local e proporcionar aos munícipes uma nova opção para compras é o que se pretende com a instalação e funcionamento da feirinha na cede do PAA.
É a Prefeitura de Valença Cuidando de nossa gente e oferecendo aos agricultores familiar do município uma atenção especial.

Fonte: ASCOM – Prefeitura Municipal de Valença
Fotos: Vaneusa Argolo

Baiano gostaria de reciclar, mas ainda tem dúvidas, aponta pesquisa feita a pedido da Cervejaria Ambev

Pesquisa feita pelo Ibope mostra que 57% dos habitantes do estado da Bahia sabem pouco ou nada a respeito de coleta seletiva e 31% não sabem citar quais são as cores das lixeiras para coleta do material

original_Reciclagem%20de%20PET

De acordo com pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência a pedido da Cervejaria Ambev, o baiano sabe da importância da reciclagem para o meio ambiente e acredita que seja uma prática correta, mas isso ainda não virou rotina. Os dados mostram que para 94% dos baianos, a reciclagem é importante para o futuro do planeta e 95% concordam que o jeito correto de descartar os resíduos é separando cada um em um saquinho. Por outro lado, 81% não separam os materiais recicláveis individualmente nos lixos que geram em casa, e, destes, 54% não separam sequer o lixo orgânico do inorgânico.

Para 90% dos baianos, o cuidado com o meio ambiente é uma das maiores preocupações atuais. Apesar disso, de acordo com a pesquisa, 57% afirmam saber pouco ou nada a respeito de coleta seletiva e 31% não sabem citar quais são as cores das lixeiras para coleta do material.

“Só com um trabalho em conjunto entre todos nós, cidadãos, empresas, cooperativas e governos, para revertemos esse cenário e dar ao lixo o cuidado que ele deve ter”, afirma Filipe Barolo, gerente de sustentabilidade da Cervejaria Ambev.

Quais resíduos são recicláveis?

Dos baianos entrevistados, 52% dizem estar atentos na compra de produtos com embalagens que sejam recicláveis, mas apenas 1% das pessoas sabem que embalagens longa vida podem ser recicladas, por exemplo. O índice melhora quando se fala em plástico (75%), vidro (53%), papel (41%) e alumínio (38%), mas ainda está distante do ideal. Somente 43% dos entrevistados afirmam saber que garrafas PET podem ser recicladas e 72% dizem saber pouco ou nada sobre garrafas de vidro retornável.

“Reduzir as embalagens ou dar destinação correta para as produzidas é uma das nossas principais preocupações. Por isso, temos buscado reduzir a quantidade de embalagens no mercado, focando nossos esforços em aumentar a quantidade de envases retornáveis e reciclados. Uma de nossas metas socioambientais é que, até 2025, 100% de nossos produtos estejam em embalagens retornáveis ou feitas majoritariamente de material reciclado”, afirma Barolo.

A Cervejaria Ambev, por exemplo, tirou mais de 12,4 milhões de toneladas de vidro de circulação em decorrência do aumento de representatividade das garrafas de vidro retornáveis disponíveis no mercado nos últimos anos. A companhia também deixou de produzir um volume superior a 1,9 bilhão de garrafas PET com resina virgem em decorrência da reciclagem do material, deixando de utilizar mais de 94 mil toneladas de plástico.

Afinal, para onde vai o lixo?

85% dos moradores da Bahia acredita que aquilo que chama de lixo pode ter valor para outras pessoas e 61% discorda que o lixo deixa de ser sua responsabilidade quando jogado fora, mas a cadeia envolvida nesse processo ainda parece ser um mistério para a maior parte da população.

55% afirmam não saber quem efetivamente recicla os materiais e os transforma em novos produtos no Brasil e 82% afirmam saber pouco ou nada sobre cooperativas de reciclagem. Além disso, 68% acreditam que o lixo vá para aterro sanitário ou lixão, apesar de 43% não concordarem que essa seja a destinação adequada.

Cervejaria Ambev e a reciclagem

A Cervejaria Ambev desenvolve uma série de iniciativas para contribuir com a mudança desse cenário, pois a sustentabilidade socioambiental é um pilar central de seu negócio. Nos últimos cinco anos, a cervejaria destinou mais de R$ 1 bilhão para projetos de impacto positivo no meio ambiente. O montante contribuiu para a superação de seis das sete metas anunciadas em 2013 para serem atingidas em 2017. Agora, a cervejaria anunciou mais um passo importante nesse trabalho, com novos compromissos, que têm previsão de atingimento até 2025. As metas, definidas pela AB InBev globalmente, são divididas em quatro pilares, sendo que um deles se refere especificamente à reciclagem:

• Embalagem Circular: 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.
• Ações Climáticas: 100% da eletricidade comprada pela Cervejaria Ambev deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria vai reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da nossa cadeia de valor.
• Gestão de Água: melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.
• Agricultura Inteligente: 100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.

A cervejaria desenvolve uma série de projetos relativos à reciclagem e vem atingindo resultados importantes nos últimos anos. O trabalho atua em três pilares centrais: garrafas de vidro retornáveis, garrafas PET e fomento às cooperativas de reciclagem. Confira abaixo.

Garrafas de vidro retornáveis

Desde 2014, a companhia busca ampliar a presença das garrafas de vidro retornáveis no mercado, que podem ser reutilizadas cerca de 20 vezes. Para facilitar a troca do produto, a cervejaria investiu na instalação de mais de 1000 máquinas de coleta por todo o país, que, em 2017, coletaram mais de 115 milhões de vasilhames. Atualmente, cerca de 1 em cada 4 garrafas vendidas nos mercados já é retornável. Desde o início do projeto, a companhia retirou de circulação 12,4 milhões de toneladas de vidro, o equivalente a 32 estádios do Morumbi, localizado em São Paulo, cheios de resíduos sólidos. Além disso, a cervejaria mantém a Ambev Vidros no Rio de Janeiro, uma fábrica que produz garrafas de vidro a partir da reciclagem de cacos. Fábrica é uma das maiores recicladoras de cacos de vidro na América Latina. Aproximadamente 50% da matéria-prima utilizada na unidade são cacos de vidro, ou seja, de cada dez garrafas produzidas pela Cervejaria Ambev, cinco são fabricadas totalmente com material reciclado

Garrafas PET

Em 2012, a Ambev lançou a primeira PET 100% reciclada do mercado brasileiro, com Guaraná Antárctica, e, desde então, já deixou de produzir 1,9 bilhão de garrafas PET. Esse esforço evitou a utilização de mais de 94 mil toneladas de material virgem, abrindo espaço para mais garrafas feitas de material reciclado. Esse montante equivale ao lixo gerado por mais de 245 mil pessoas em um ano. Atualmente, 56% das garrafas PET de Guaraná Antarctica produzidas pela companhia é envasada nesse tipo de embalagem. A produção da PET 100% traz diversos benefícios ao meio ambiente, como a liberação de 30m³ em aterro sanitário para cada cinco toneladas de PET que deixam de ser descartadas no lixo. Além disso, a fabricação dessa garrafa consome 70% menos energia e 20% menos água em relação à que utiliza resina virgem. O material reciclado também é utilizado em outras linhas. Na do energético Fusion, por exemplo, todas as embalagens já são produzidas com material reciclado. Em Soda Limonada, essa taxa chega a mais de 50%. Atualmente, cerca de 33% da produção total de PET da Cervejaria Ambev é feita a partir de material reciclado. Desde 2012, esse número cresceu 725%.

Reciclar pelo Brasil

Em outubro de 2017, a Ambev firmou parceria Coca-Cola Brasil e lançou um programa conjunto de reciclagem. Nomeada de Reciclar pelo Brasil, a plataforma unificada conta com a parceria da Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT). Atualmente, o programa é integrado por 110 cooperativas e mais de 2500 cooperados. Destes, cerca de metade são mulheres (54%) e o trabalho se estende por 61 cidades do Brasil, triando 41 mil toneladas de material reciclado desde o início do projeto. Além de impulsionar os investimentos, o Reciclar Pelo Brasil tem como objetivos principais profissionalizar e regularizar cada vez mais o trabalho das organizações, aumentar o volume dos resíduos recolhidos, elevar a receita das cooperativas e aumentar a renda dos catadores.

Fonte: LK COMUNICAÇÃO

Obras de pavimentação e drenagem do acesso ao Toque avançam

34302098_1815315211824301_8762434536035319808_n
As obras de drenagem de águas pluviais e pavimentação completa da ladeira de acesso ao bairro do Toque, na Gamboa, seguem avançando. A intervenção garantirá maior facilidade de acesso para os moradores que antes sofriam com o difícil caminho.

No local, homens com o auxílio de uma retroescavadeira estão trabalhando na escavação e no manilhamento. Segundo o engenheiro civil e secretário de Planejamento Urbano e Infraestrutura, Benedito Passos, as benfeitorias acabarão com os alagamentos, facilitando o escoamento das águas. “As obras vão melhorar a realidade atual do bairro e proporcionar mais segurança e qualidade de vida da população. Além disto, as obras de drenagem também refletem diretamente na saúde pública ”, ressaltou .

A obra era uma reivindicação recorrente da população do bairro do Toque. ” Este é um dos principais acessos ao Toque e foi um comprometimento da gestão municipal com a comunidade a realização desta obra. A intervenção garantirá facilidade de acesso, qualidade de vida e também valorização dos imóveis”, lembrou o prefeito Fernando Brito.

Rede elétrica de Morro de São Paulo recebe nova teconologia

Morro de São Paulo foi a localidade escolhida pela Coelba para receber um novo sistema de automação na rede de distribuição de energia. O Self Healing, como é chamado, trata-se de um moderno sistema de automação descentralizada que restaura, automaticamente, o fornecimento de energia elétrica no menor tempo possível. A implementação do Self Healing em Morro de São Paulo foi concluída no dia 7 de maio e beneficia cerca de 4.300 clientes, contando com a automação de seis equipamentos religadores.

O novo sistema de automação abrange praticamente toda a área da ilha, melhorando a confiabilidade e garantindo o restabelecimento da energia com mais agilidade. Quando uma árvore cai em cima da rede elétrica, por exemplo, e interrompe a energia, o sistema Self Healing já identifica o ponto onde houve a interrupção e, sempre que possível, religa automaticamente, isolando o problema e reduzindo o número de clientes desligados.
Corpus-Chisti-Morro-de-São-Paulo_-Foto-Rennan-Calixto-660x330
Morro de São é uma região peculiar do ponto de vista de distribuição de energia por causa da complexidade de acesso à rede e das oscilações da carga de acordo com cada período do ano. Não existem vias próprias para o tráfego de automóveis, os acessos são sempre realizados pelo mar e com funcionamento dependente do clima e da maré. Existem muitos pontos de mata fechada, além de elevados níveis de salinidade. Todos estes fatores influem não só na incidência de defeitos, mas dificultam principalmente o tempo de recomposição do sistema elétrico.

Devido a esta particularidade, em caso de defeito, uma equipe técnica de manutenção se desloca até a ilha para realizar a isolação da falha e religar o circuito, levando em média 4 horas para a execução do serviço. Com a nova tecnologia, o sistema pode levar apenas 80 segundos para, automaticamente, reenergizar grande parte dos clientes que estão fora da abrangência do defeito.

Até o final do ano, a Coelba pretende implantar dezenas desses sistemas em várias cidades do interior baiano.

CAMAMU: PREFEITURA CONFIRMA REALIZAÇÃO DO SÃO JOÃO E ANIVERSÁRIO DA CIDADE

camamu
A Prefeitura de Camamu divulgou, em sua rede social, na tarde deste domingo (3), uma peça publicitária informando que haverá a festa de São João na cidade. A publicação, que traz o tema “Em Camamu, o São João tá garantido. Vem forrozar com a gente!”, rapidamente causou alvoroço nas redes sociais. Muitas pessoas estão buscando informações sobre a grade de atrações, programação completa dos festejos que culminam com o aniversário do município, realizado no dia 27 de junho.

De acordo com informações da Prefeita Ioná Queiroz, a festa será possível graças aos projetos construídos ao longo do ano e apresentados ao Governo do Estado. Segundo a gestora, a festa será realizada com o envolvimento de todas as secretarias de governo nas apresentações culturais e artísticas que farão parte da programação. A grade com as atrações musicais será divulgada nos próximos dias.
FOTO: ALEILTON OLIVEIRA

Secretaria da Juventude de Cairu agita as ilhas com III Intensivo Cultural

FB_IMG_1528122503574

A Secretaria da Juventude de Cairu colocou a galera das ilhas para dançar com as atividades do III Intensivo Cultural realizadas durante os meses de abril e maio. O projeto este ano foi itinerante, já tendo percorrido a Sede, além das localidades de Gamboa, Galeão, São Sebastião, Garapuá, Boipeba e Zimbo promovendo oficinas de diferentes modalidades de dança, como o hip-hop, ritmos, stiletto, forró, afro, street jazz, contemporâneo, ballet clássico, entre outros. Nos próximos dias, a iniciativa chegará ao Zimbo.

O evento, coordenado pelo articulador cultural, Matheus Imperial, significou para muitos jovens a primeira oportunidade de contato com a dança de forma mais profissional. As aulas foram ministradas por artistas consagrados da dança na região e na Bahia, a exemplo dos bailarinos do Harmonia do Samba, que foram professores voluntários no projeto.

A secretária da Juventude, Isabela Brito, ressaltou a importância da iniciativa. ” Esse projeto busca aproximar nossa juventude de uma relevante expressão artística que é a dança, proporcionando cultura e também lazer. Foi muito gratificante ver a adesão das comunidades ao projeto, com certeza essa é uma experiência que iremos repetir”, destacou.

FB_IMG_1528122578799

Prefeitura de Ubaitaba confirma São João e divulga as primeiras atrações

silvaniaepaulinha

Uma das festas mais tradicionais de São João do interior da Bahia, o “Arraiá das Canoas”, em Ubaitaba, teve divulgado neste 1º de junho, as primeiras atrações já confirmadas, trata-se das bandas Silvania e Paulinha, Zefa de Zeca, Boteco das Amigas, Vingadora. Outras serão divulgadas na próxima semana.

Como de costume, o evento vai acontecer durante três dias, no período de 22 a 24 de junho. Na abertura da festa, dia 22, acontecerá o Forró dos Funcionários, um evento dedicado ao funcionalismo da Prefeitura de Ubaitaba.

Depois desse anúncio e com o início da decoração juninas das principais ruas e avenidas do centro, a população já se anima em Ubaitaba, situada a 340 km a sul de Salvador e, de pouco mais de 20 mil habitantes. A cidade já se prepara para receber turistas e visitantes
Apesar da crise e da greve dos efeitos da paralisação dos caminhoneiros, quando algumas cidades cancelaram o São João, a prefeita Suka Carneiro disse estar fazendo o possível para manter o festejo: “Pretendemos manter a qualidade do evento e contamos com o apoio do Governo do Estado, por meio da Bahiatursa e parceiros. Afinal, é um investimento que movimenta a economia e aquece o comércio, e é uma tradição muito importante para Ubaitaba e nossa gente”, disse a prefeita. (Ascom/Ubaitaba)

sao-joao-ubaitaba-2017--

CARTÓRIO DA 31ª ZONA ELEITORAL SUSPENDE EXPEDIENTE

Em conformidade com a Portaria n. 005/2018, do Excelentíssimo Senhor Juiz da 31ª Zona Eleitoral, não haverá expediente no Cartório da 31ª Zona Eleitoral no dia 1º de junho de 2018, sexta-feira. A carga horária será objeto de compensação.
FEV
A 31ª Zona Eleitoral com sede em Valença, na Rua Guido Araujo Magalhães, s/nº, no bairro Novo Horizonte atende as cidades de Valença e Cairu. O telefone é o 75.3641.3061

PREFEITURA DE CAIRU DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA E CRIAÇÃO DE COMITÊ DE GERENCIAMENTO DE CRISE

g_cairu-fora-da-rota_1490084
O prefeito de Cairu, Fernando Brito, no uso de suas atribuições decretou através de edição do Diário Oficial desta terça-feira (29/05) estado de emergência no município- arquipélago em virtude do agravamento da crise do abastecimento de combustíveis que já caminha para dez dias. O gestor municipal também institui um Comitê de Gerenciamento de Crise para propor e adotar medidas que assegurem a manutenção dos serviços essenciais para população cairuense, destacando-se os serviços de :
I – saúde (transporte de pacientes e de material biológico, gases medicinais e diesel para geradores, distribuição de insumos, vacinas e medicamentos);
II – educação (transporte de alunos e distribuição de gêneros alimentícios para os estabelecimentos educacionais);
III – transporte coletivo urbano de passageiros;
IV – coleta de lixo;
V – serviço funerário;
VI – segurança urbana e defesa civil.

As Secretarias Municipais, as Superintendências distritais e os demais órgãos e entidades integrantes da Administração Direta e Indireta deverão implantar plano de racionalização de uso dos insumos no âmbito de suas respectivas competências, com o objetivo de preservar a continuidade das atividades essenciais.